Sainz encara estreia na Renault como um “grande desafio”

O novo piloto do time francês fará sua primeira corrida com a equipe no GP dos Estados Unidos, algo que ele vê como um desafio motivador para sua carreira

Carlos Sainz Jr. já vestiu amarelo e preto para sua apresentação oficial com a equipe Enstone, mas este fim de semana fará sua estreia na pista quando o circo da Fórmula 1 chegar ao circuito de Austin para o GP dos Estados Unidos.

O piloto espanhol já visitou as instalações da Renault, onde começou sua nova jornada para conhecer as pessoas que o ajudarão a alcançar sua melhor adaptação para as quatro corridas restantes de 2017.

"Estou muito entusiasmado em me juntar ao time e espero começar a toda velocidade. Teremos algum trabalho difícil antes de chegar a Austin com muitas coisas para aprender e muita gente a conhecer. Eu vou dar tudo para estar no ritmo o mais rápido possível, embora eu saiba que vai demorar algum tempo para me adaptar, mas estou confiante de que posso fazê-lo", disse ele em um comunicado da Renault.

"É uma chave para ter este primeiro teste com a Renault conhecer as pessoas e o carro. É um grande desafio, mas isso me motiva. Temos esse último trecho do ano e tenho que encontrar onde está o limite do carro, me acostumar com o volante e as coisas É bom ver as pessoas de Enstone dando tudo para voltar ao topo. Pode ter certeza de que o esforço que estão fazendo será acompanhado por mim e que vou acelerar fundo para ajudá-los".

Sobre o seu novo companheiro de equipe, Nico Hulkenberg, o espanhol apenas tem boas palavras e ressalta que eles não tiveram muita disputa na pista nesta temporada, apesar de serem 9º e 10º no campeonato, com Sainz à frente com vantagem de 14 pontos (48 contra 34).

"Estamos muito perto no campeonato, mas não tivemos muitas batalhas na pista. Estou ansioso para trabalhar com Nico, acho que ele é um grande piloto e um dos mais talentosos no grid. Ele tem muita experiência na F1 e espero que possamos ajudar o time a melhorar no campeonato antes do final da temporada", diz o ex-piloto da Toro Rosso.

Sainz, que deixa a Toro Rosso depois de três anos com a equipe de Faenza, estreará com a Renault num circuito onde no ano passado conseguiu o seu melhor resultado na F1 em 2016: um sexto lugar. Depois do quarto lugar em Cingapura, espera dar o máximo em Austin.

"É um dos meus circuitos favoritos e tive uma das minhas melhores corridas na F1 no ano passado. Posso ir com confiança, pois sei como é ir rápido em Austin. Preciso me adaptar ao carro e aos engenheiros. É um circuito moderno, bem desenhado, muito rápido, com mudanças rápidas de direção e forças G altas. É uma boa oportunidade para eu testar os limites do RS17", conclui.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP dos Estados Unidos
Pista Circuit of the Americas
Pilotos Carlos Sainz Jr.
Equipes Renault F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias