Sainz encara estreia na Renault como um “grande desafio”

compartilhar
comentários
Sainz encara estreia na Renault como um “grande desafio”
Sergio Lillo
Por: Sergio Lillo
Traduzido por: Daniel Betting
16 de out de 2017 19:28

O novo piloto do time francês fará sua primeira corrida com a equipe no GP dos Estados Unidos, algo que ele vê como um desafio motivador para sua carreira

Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso STR12 retires from the race
A fan of Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso
Race retiree Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team

Carlos Sainz Jr. já vestiu amarelo e preto para sua apresentação oficial com a equipe Enstone, mas este fim de semana fará sua estreia na pista quando o circo da Fórmula 1 chegar ao circuito de Austin para o GP dos Estados Unidos.

O piloto espanhol já visitou as instalações da Renault, onde começou sua nova jornada para conhecer as pessoas que o ajudarão a alcançar sua melhor adaptação para as quatro corridas restantes de 2017.

"Estou muito entusiasmado em me juntar ao time e espero começar a toda velocidade. Teremos algum trabalho difícil antes de chegar a Austin com muitas coisas para aprender e muita gente a conhecer. Eu vou dar tudo para estar no ritmo o mais rápido possível, embora eu saiba que vai demorar algum tempo para me adaptar, mas estou confiante de que posso fazê-lo", disse ele em um comunicado da Renault.

"É uma chave para ter este primeiro teste com a Renault conhecer as pessoas e o carro. É um grande desafio, mas isso me motiva. Temos esse último trecho do ano e tenho que encontrar onde está o limite do carro, me acostumar com o volante e as coisas É bom ver as pessoas de Enstone dando tudo para voltar ao topo. Pode ter certeza de que o esforço que estão fazendo será acompanhado por mim e que vou acelerar fundo para ajudá-los".

Sobre o seu novo companheiro de equipe, Nico Hulkenberg, o espanhol apenas tem boas palavras e ressalta que eles não tiveram muita disputa na pista nesta temporada, apesar de serem 9º e 10º no campeonato, com Sainz à frente com vantagem de 14 pontos (48 contra 34).

"Estamos muito perto no campeonato, mas não tivemos muitas batalhas na pista. Estou ansioso para trabalhar com Nico, acho que ele é um grande piloto e um dos mais talentosos no grid. Ele tem muita experiência na F1 e espero que possamos ajudar o time a melhorar no campeonato antes do final da temporada", diz o ex-piloto da Toro Rosso.

Sainz, que deixa a Toro Rosso depois de três anos com a equipe de Faenza, estreará com a Renault num circuito onde no ano passado conseguiu o seu melhor resultado na F1 em 2016: um sexto lugar. Depois do quarto lugar em Cingapura, espera dar o máximo em Austin.

"É um dos meus circuitos favoritos e tive uma das minhas melhores corridas na F1 no ano passado. Posso ir com confiança, pois sei como é ir rápido em Austin. Preciso me adaptar ao carro e aos engenheiros. É um circuito moderno, bem desenhado, muito rápido, com mudanças rápidas de direção e forças G altas. É uma boa oportunidade para eu testar os limites do RS17", conclui.

Próxima Fórmula 1 matéria
Raikkonen: Temos potencial para vencer nas próximas corridas

Previous article

Raikkonen: Temos potencial para vencer nas próximas corridas

Next article

Hulkenberg diz que irá ajudar Sainz em início na Renault

Hulkenberg diz que irá ajudar Sainz em início na Renault

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP dos Estados Unidos
Localização Circuit of the Americas
Pilotos Carlos Sainz Jr.
Equipes Renault F1 Team
Autor Sergio Lillo
Tipo de matéria Últimas notícias