Sauber acusa Bottas de atitude antidesportiva em Mônaco

Equipe suíça alega que Valtteri tenha aberto passagem para o compatriota Räikkönen nas últimas voltas da prova

Bottas em Mônaco

Mesmo com um acidente com o mexicano Sergio Pérez, Kimi Räikkönen conseguiu manter sua sequência de 23 corridas pontuando na F-1. O piloto correu sério risco de ficar sem o recorde logo após furar um de seus pneus, mas voltou a pista e conseguiu passar na última volta Nico Hülkenberg para ficar com a última posição nos pontos.

Quem não ficou feliz com isso foi a Sauber, que não marca pontos desde o GP da China. A equipe inclusive, por meio do diretor Beat Zehnder, chegou a criticar Valtteri Bottas por ter facilitado o compatriota na ultrapassagem.

“Vejo raramente esse tipo de conduta antidesportiva voluntária, como ceder a posição ao oponente em Mônaco”, falou o dirigente.

Hulk ainda correu risco de ter a 10ª posição de volta, pois Kimi foi convidado a dar explicações aos comissários após a prova por ter ido excessivamente rápido durante um Safety Car.

Com o 10º lugar, Räikkönen corre para igualar o recorde de pontos consecutivos de Schumacher (24) no Canadá.

Confira abaixo a manobra de Bottas:

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Valtteri Bottas
Tipo de artigo Últimas notícias