Sauber busca crescer para conseguir "prender" pilotos

Monisha Kaltenborn diz ao TotalRace que objetivo da equipe é crescer para segurar jovens talentos como Perez no futuro

Kimi Raikkonen, Felipe Massa, Sergio Perez, entre outros. Não é de hoje que a Sauber cultivou a fama de celeiro de futuras estrelas da Fórmula 1. Há 20 anos no esporte, salvo os anos em que foi controlada pela BMW, a equipe sempre brigou por posições intermediárias e serviu como uma espécie de estágio para jovens pilotos que encontraram vagas em equipes grandes.

Para a chefe da equipe, Monisha Kaltenborn, essa é uma realidade que está com os dias contados. A dirigente afirmou ao TotalRace que uma de suas metas no controle do time suíço é fazer com que os pilotos não queiram mais sair.

“Temos uma grande história em levar jovens talentos para o esporte e dar a eles todo o apoio para que eles se desenvolvam e aprendam o mais rápido possível e sigam em frente. Acho que o que fizemos neste ano é muito importante para a estratégia da equipe para os próximos anos porque, até hoje, tínhamos muita dificuldade de dar um carro que segurasse um piloto”.

Para isso, a indiana salienta a continuidade do trabalho deste ano, em que a equipe deu um salto de qualidade técnica, chegando a quatro pódios, algo inédito em sua história como independente. “Queríamos que Sergio ficasse, mas não foi possível. Porém, dando um carro competitivo como tivemos nesta temporada, podemos evitar que essa situação se repita no futuro”.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias