Sauber: Ericsson melhorou desde chegada de Leclerc

Segundo Fred Vasseur, contratação do badalado monegasco fez com que piloto sueco melhorasse seu jogo para 2018

O chefe da Sauber, Fred Vasseur, afirmou que Marcus Ericsson evoluiu como piloto na temporada de 2018 após a chegada de Charles Leclerc como seu companheiro de equipe.

O sueco, piloto da F1 desde 2014, foi derrotado por todos seus colegas de time regulares – Kamui Kobayashi, Felipe Nasr e Pascal Wehrlein. Contudo, 2018 começou de maneira positiva no duelo interno contra Charles Leclerc, com Ericsson vencendo por 2 a 1 em treinos classificatórios e marcando os únicos pontos do time até então.

Segundo Vasseur, a chegada do badalado Leclerc à F1 imediatamente após os títulos de GP3 e F2 fez com que o próprio Ericsson melhorasse seu jogo.

“Acho que o fato de ter Leclerc à sua frente, com muitas expectativas, é uma motivação extra para ele”, disse Vasseur, segundo o site RaceFans.

“Ele esteve mais comprometido durante o período do inverno [europeu]. Ele perdeu muito peso, e não é só pelo peso, mas também pelo comprometimento. Se você olhar para os primeiros eventos, ele teve muito mais performance desde o começo do fim de semana.”

“Provavelmente uma das fraquezas que ele teve no ano passado foi que ele estava um pouco distante no começo e sempre precisava de tempo para se recuperar. Ele conseguia encostar no fim da classificação, mas largava muito atrás. Nesta temporada, desde o começo ele já está no ritmo, com muito mais performance, e isso é importante para ele e para a equipe.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias