Sauber espera manter boa fase do pódio que conquistou no Canadá

Com carro praticamente igual ao de Montreal, equipe irá encarar uma pista travada e quente em Valência, Espanha

Perez foi terceiro no Canadá

A suíça Sauber chega animada para o Grande Prêmio da Europa, neste fim de semana nas ruas de Valência, Espanha. Após conquistar seu segundo pódio na temporada, time está em busca da quinta colocação no campeonato mundial de construtores da Fórmula 1.

Mas Giampaolo Dall’Ara, o engenheiro-chefe da Sauber, comentou que as altas temperaturas encontradas nesta época do ano na região poderão ser um agravante, ainda mais em um circuito de rua, onde os muros altos impedem que o ar circule de maneira mais fácil.

"Valência é um circuito de rua, mas não um típico, porque a superfície é bem plana, e as zebras não são muito altas. Além disso, a eficiência aerodinâmica é significativamente mais importante, por exemplo, do que em Mônaco ou Cingapura e também conta com áreas de escape. A maioria das curvas são lentas, mas você não pode ignorar as altas velocidades. Como resultado de seu Layout, a estabilidade de frenagem e a tração são muito importantes. Em Valência nós esperamos altas temperaturas para esta época do ano, com isso o asfalto estará muito quente", disse Dall’Ara.

O italiano também comentou que por causa dos compostos de pneus diferentes do ano passado, a degradação, principalmente nos traseiros, será maior, o que passará a ser um complicante a mais para o GP.

"A Pirelli irá nos suprir com os pneus médios e macios, que mudaram um pouco se comparado com o ano passado, o que talvez faça com que escolhamos uma estratégia diferente. A degradação dos pneus traseiros pode ser um problema. Ultrapassar não é fácil nesta pista, por isso a classificação se torna tão importante. O carro praticamente não mudou desde Montreal, porém, nós devemos correr com muito downforce", finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Tipo de artigo Últimas notícias