Sauber: Não houve conversa sobre troca de Leclerc/Raikkonen

compartilhar
comentários
Sauber: Não houve conversa sobre troca de Leclerc/Raikkonen
Scott Mitchell
Por: Scott Mitchell
Co-autor: Adam Cooper
29 de jun de 2018 18:27

Chefe da equipe, Frederic Vasseur disse que não houve conversa com a Ferrari sobre troca entre os dois pilotos ainda durante atual temporada

Charles Leclerc, Sauber
Charles Leclerc, Sauber, Kimi Raikkonen, Ferrari
Charles Leclerc, Sauber C37, leads Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Charles Leclerc, Sauber C37
Charles Leclerc, Sauber
Charles Leclerc, Sauber and Marcus Ericsson, Sauber on stage
Charles Leclerc, Sauber C37, Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18, leads Charles Leclerc, Sauber C37, and Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Charles Leclerc, Sauber

A Ferrari está inclinada a substituir Kimi Raikkonen por Charles Leclerc para 2019.

Rumores surgiram na preparação para o GP da Áustria, sugerindo que o presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, quer acelerar essa mudança com uma troca de assentos entre Leclerc e Kimi Raikkonen após as férias de verão.

Frederic Vasseur, chefe da Sauber, disse: "Temos um contrato até o final da temporada e não falamos muito sobre o futuro."

"Eu posso entender que temos alguns rumores na imprensa, mas não tem nada a ver com a realidade.”

"Estamos focados em nosso trabalho, Charles está focado no projeto da Sauber e o futuro será discutido mais adiante."

Quando pedido para esclarecer que não havia nenhuma conversa sobre o piloto de 20 anos, Vasseur acrescentou: "Não chegou à mesa até agora."

Leclerc tem quatro pontos nas últimas cinco corridas e na França, no último final de semana, chegou Q3 na classificação pela primeira vez em sua carreira.

Perguntado pelo Motorsport.com se, teoricamente, seria sensato trocar de equipe durante a temporada, Vasseur disse: "Não. Eu acho que é melhor terminar a temporada e ter uma abordagem normal. Não é fácil."

Os títulos consecutivos de Leclerc na GP3 e na Fórmula 2 significaram que ele entrou na F1 com altas expectativas.

Ele começou o ano com dificuldades em se adaptar à F1,mas com ajustes, ele desencadeou uma reviravolta após as três primeiras corridas.

"Você voltou para mim [depois da China, onde Leclerc rodou na corrida] com 'Charles não está correndo bem, como você pode explicar a situação? Em uma semana ele está na merda e na semana seguinte ele é campeão mundial", disse Vasseur quando perguntado pelo Motorsport.com se ele ficou surpreso com a escalada de Leclerc.

"Temos que acalmar. Ele está fazendo um bom trabalho, com certeza, está melhorando, mas não é campeão mundial.”

"Se ele tiver alguns problemas nas próximas corridas, e ele vai ter porque você não pode ter uma folha limpa na temporada, eu não quero que Charles seja destruído por todos.”

"Ele tem uma curva de aprendizado muito boa e está crescendo. Estou muito feliz, estou muito orgulhoso do trabalho que ele fez. Mas ele não é campeão mundial."

Vasseur disse que Leclerc lidou muito bem com o aumento da especulação sobre seu futuro na pista e fora dela.

"Seis meses atrás ele estava no paddock da Fórmula 2 e ninguém o conhecia", disse ele.

"Há uma enorme diferença entre o final de novembro em Abu Dhabi e hoje, quando ele está no meio de cada discussão.”

"Estou impressionado com a calma que ele tem."

Confira o guia do circuito da Áustria

Next article
Vettel não se assusta, mas admite superioridade da Mercedes

Previous article

Vettel não se assusta, mas admite superioridade da Mercedes

Next article

Verstappen treinou com assoalho danificado na Áustria

Verstappen treinou com assoalho danificado na Áustria
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Charles Leclerc
Equipes Sauber
Autor Scott Mitchell