Sauber: Vandoorne não está no páreo por vaga em 2019

compartilhar
comentários
Sauber: Vandoorne não está no páreo por vaga em 2019
29 de ago de 2018 16:41

Chefe da Sauber na F1, Fred Vasseur afirmou que Stoffel Vandoorne, da McLaren, não está no páreo por uma vaga no time suíço para a temporada de 2019.

O piloto belga está lutando para manter sua vaga na McLaren ao lado de Carlos Sainz, mas a Sauber era considerada uma alternativa óbvia caso ele não permanecesse em seu atual time.

Vandoorne venceu o título da GP2 para a equipe de Vasseur, a ART, em 2015, e sua carreira é gerenciada por Alessandro Alunni Bravi, que também é diretor da empresa que está por trás da equipe suíça.

Contudo, Vasseur nega que Vandoorne esteja na briga por uma vaga na Sauber em 2019.

“Ele não está nas discussões”, disse o francês ao Motorsport.com

Vasseur afirmou que não tem pressa para finalizar a dupla de 2019: “Honestamente, estamos na metade da temporada.”

“E, mesmo que todos fiquem um pouco chateados e nervosos com o mercado de pilotos, se você comparar com os anos anteriores, acho que todo mundo está muito adiantado. Então, nós permanecemos calmos.”

Um cockpit da Sauber está reservado para um piloto nomeado pela Ferrari/Alfa Romeo, e, com a ida esperada de Charles Leclerc à Ferrari ou à Haas, Antonio Giovinazzi é o favorito a receber o convite.

Entende-se que o prazo para a decisão é o dia 15 de outubro.

Ericsson, enquanto isso, é apoiado pelo mesmo grupo de investimento suíço que é dono da Sauber, e, portanto, assume-se que sua vaga esteja garantida.

Contudo, os proprietários deram a Vasseur a responsabilidade da escolha de pilotos, e afirmou que o cenário da equipe como um todo tem prioridade.

Ericsson continua tentando se provar útil, ficando em 10º em Spa, no último fim de semana, com pontos em três das últimas cinco corridas.

“Ele está fazendo um bom trabalho. Ele ficou um centésimo atrás de Charles na classificação, com um problema de motor. Na corrida, ele teve um ritmo forte desde o começo, com a estratégia oposta à do cara à nossa frente. Marcus foi bem.”

“A melhor forma para cada piloto de manter seu lugar é fazer um bom trabalho, e ele está fazendo.”

Ericsson admite que também precisa continuar rendendo para manter Vasseur a seu lado.

“É muito importante, e esse momento do ano será crítico”, disse em Spa. “Nas últimas cinco corridas, marquei pontos em três, com o dobro do meu parceiro de equipe. Acho que esse tipo de estatística é importante para mim, para mostrar a Fred que eu estou fazendo a diferença.”

“Preciso continuar assim, porque acho que, para mim, será crítico ter um contrato para o próximo ano.”

“Agora a equipe está melhorando mais e mais, e sei que a competição por vagas está muito mais alta do que nas duas últimas temporadas por aqui, porque é um ambiente competitivo. E sei que há muitos pilotos interessados. Preciso continuar marcando pontos e tendo boas performances.”

Marcus Ericsson, Sauber

Marcus Ericsson, Sauber

Photo by: Andrew Hone / LAT Images

Próxima Fórmula 1 matéria
Markelov é ligado a vaga na Williams para 2019

Previous article

Markelov é ligado a vaga na Williams para 2019

Next article

Mercedes considera oficializar Bottas como segundo piloto

Mercedes considera oficializar Bottas como segundo piloto
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Stoffel Vandoorne
Equipes Sauber
Tipo de matéria Últimas notícias