Schumacher: "Ainda bem que não sou companheiro de Vettel"

Heptacampeão se diz "chocado" pela diferença imposta pelo compatriota em relação a Webber na última temporada

Até mesmo o heptacampeão da Fórmula 1, Michael Schumacher, que se acostumou durante boa parte de sua carreira a dominar o duelo interno com seus companheiros, se disse “chocado” com a performance de Sebastian Vettel diante de Mark Webber na temporada em que conquistou seu tetracampeonato.

O alemão elogiou a consistência do compatriota, que o tem como grande referência e igualou seu recorde de 13 vitórias em uma mesma temporada.

“Olhe para seu companheiro. Este é seu ponto de referência que você tem de levar em conta. Ele venceu todas essas corridas, acho que 13. Mark Webber não ganhou nenhuma no final, se estou certo. Isso é muito chocante. Ainda bem que não sou companheiro dele.”

Sobre o recorde igualado pelo piloto da Red Bull, Schumacher se disse feliz. “Se alguém puder quebrar todos esses recordes, eu preferiria que fosse ele”, garantiu.

Schumacher também opinou sobre as mudanças no regulamento para a próxima temporada e previu que os motores não farão tanta diferença quanto se espera. “Não dá para esperar muitas mudanças por causa do motor. A aerodinâmica sempre fará mais diferença que o motor, e será assim no futuro. Então o melhor carro, o melhor pacote vai vencer no final.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Michael Schumacher , Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias