Schumacher atesta: Mercedes está longe de briga pelo pódio

Mesmo com a quarta posição obtida nos treinos livres desta sexta-feira em Valência, heptacampeão mostra descontentamento

Michael Schumacher

A quarta posição obtida nos treinos desta sexta-feira em Valência deveria deixar Michael Schumacher contente. Deveria, mas não deixou: o alemão afirmou que será bem difícil lutar pelo pódio no GP da Europa.

"Tivemos uma sexta-feira típica, avaliando diferentes acertos e variações. Nosso foco foi maior nas 'long runs', e, no geral, estou muito feliz, pois conseguimos trabalhar bem", explica.
 
"Todos nós sabemos que, em circunstâncias normais, não somos fortes o suficiente para brigar pelo pódio, e devemos largar em torno da quarta fila", revela o piloto heptacampeão, que ficou quatro posições à frente do parceiro Nico Rosberg. Este, por sua vez, mostrou-se satisfeito.
 
"Tivemos dois treinos consideráveis e certamente melhoramos o carro hoje. Focamos na corrida e no comportamento dos pneus, que se mostraram consistentes. Existem algumas áreas para melhorar antes do domingo", encerrou.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias