Schumacher celebra última corrida da carreira: "Foi excitante!"

"Mesmo sob condições difíceis, minha corrida final foi tremendamente divertida, e mais uma vez gostaria de agradecer a equipe e todos meus fãs pelo apoio"

A equipe Mercedes pode não ter tido o final de ano dos sonhos em Interlagos, mas ambos os pilotos ficaram satisfeitos com o que aconteceu no GP do Brasil neste domingo.

Se despedindo da Fórmula 1, Michael Schumacher tinha somente palavras de animação sobre sua última participação, que relembrou bastante a de 2006: um pneu furado, o fundo do pelotão, e uma corrida de recuperação, que rendeu um sétimo lugar.
 
"Que corrida agitada e excitante. Estranhamente, minha última corrida começou com um furo de pneu que me jogou para último, mas minha filosofia foi de nunca desistir. Foi com muita confiança que terminei minha carreira com um P7, que foi meu primeiro resultado na classificação em Spa, 308 corridas atrás", destaca.
 
"Mesmo sob condições difíceis, minha corrida final foi tremendamente divertida, e mais uma vez gostaria de agradecer a equipe e todos meus fãs pelo apoio neste ano. Aproveitei muito o tempo que passamos juntos", completa. Já Rosberg, 15º após ter um pneu furado também, ficou contente com a prova agitada.
 
"Hoje foi a corrida mais longa da minha vida. Após o furo do pneu, teve dano no assoalho e perdi performance; desta forma, não tinha como lutar. Deve ter sido uma corrida fantástica para os fãs que assistiram pela TV e espero que eles tenham aproveitado o show", completa.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias