Schumacher diz que Senna foi inexperiente em incidente

Mercedes fecha ano com apenas um carro nos pontos, o de Rosberg, sétimo, enquanto heptacampeão foi 15º por conta de colisão

Michael Schumacher (Miguel Costa Jr.)

A temporada 2011 não terminou do jeito que a Mercedes esperava. O time alemão, quarta força do grid, conseguiu colocar apenas um piloto nos pontos.

Nico Rosberg foi o sétimo colocado, mas reclamou dos pneus, que esquentavam demais com as altas temperaturas de Interlagos. O piloto acredita que, se não fosse isso, poderia ter um resultado melhor.
 
"Apesar de ter somado alguns pontos, esperava ser melhor que sétimo. Não larguei bem, meus pneus superaqueciam com as altas temperaturas, então tive de administrar isso, o que deu impacto no ritmo. Espero fazer mais em 2012 e desenvolver um carro melhor", analisa.
 
Já Michael Schumacher se envolveu em um acidente com Bruno Senna e culpou o brasileiro, alegando "falta de experiência". Como o toque furou seu pneu traseiro, o heptacampeão não pôde fazer nada a não ser terminar em 15°.
 
"Foi uma pena o incidente com Bruno, causado talvez por alguma falta de experiência, mas essas coisas acontecem. Caso contrário, teríamos uma bela corrida, com pontos solidos. Após a batida, lutei o máximo possível e esperei pela chuva, que não chegou. Além disso, o carro passou a sair muito de traseira após o acidente e só melhorou no fim."
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias