Schumacher e Rosberg não se garantem para o GP da Grã-Bretanha

Mesmo vivendo boa fase, dupla da Mercedes se esquiva ao fazer previsões sobre performance do carro em Silverstone

A dupla da Mercedes tem motivos para chegar empolgada para o GP da Grã-Bretanha. Afinal, Michael Schumacher vem de seu primeiro pódio após o retorno na F-1, enquanto Nico Rosberg é o segundo piloto, atrás apenas de Fernando Alonso, que mais pontuou desde a terceira etapa do Mundial, na China.

“É simplesmente a casa do esporte a motor e sempre me impressiono com o conhecimento e o entusiasmo dos fãs britânicos”, destacou Schumacher, que sofreu o acidente mais grave da carreira em Silverstone, em 1999. “Tenho todo tipo de lembranças do circuito: boas, não tão boas e estranhas. A respeito de nossa performance, esperarei para ver, pois em várias etapas acreditávamos que seria uma coisa e aconteceu outra.”

A dificuldade de prever qual será o desempenho da Mercedes é compartilhada por Rosberg.

“É difícil dizer se iremos bem nessa pista, mas espero obter um bom resultado. Meu melhor até hoje nessa pista emocionante foi um terceiro lugar, algo que espero superar, mas é difícil fazer previsões de performance nesta temporada.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias