Schumacher faz 47 anos; recorde momentos de sua carreira

Heptacampeão do mundo de Fórmula 1, alemão teve carreira de 21 temporadas na maior categoria do mundo

Em coma desde 29 de dezembro de 2013, após chocar sua cabeça com uma pedra em uma estação de esqui nos alpes franceses, pouco se sabe do estado de saúde do alemão Michael Schumacher. Maior campeão da história da Fórmula 1, o piloto deixou sua marcas nas pistas e hoje luta contra as contusões neurológicas sofridas no acidente.

Neste domingo, 3 de janeiro, Schumi completa 47 anos de idade. O MOTORSPORT.COM preparou um pequeno tributo ao recordista de vitórias (91) e pole positions (68) da Fórmula 1. Confira:

Sebastian Vettel posa com seu herói Michael Schumacher

Sebastian Vettel posa com seu herói Michael Schumacher
1/10

Ainda durante os anos 90, Schumacher inspirou um menino que ainda iria lhe dar muito trabalho na pista no fim de sua carreira.

Photo by: XPB Images

O primeiro pódio

O primeiro pódio
2/10

Em 2015 a Fórmula 1 retornou ao México. A última visita ao Circuito Hermanos Rodriguez havia sido em 1992, quando Nigel Mansell ganhou e um certo Michael Schumacher abria o champanhe pela primeira vez. Ainda naquele ano ele venceria sua primeira corrida, na Bélgica.

Photo by: Williams F1

O primeiro título

O primeiro título
3/10

Schumacher se sagrou campeão pela primeira vez na F1 em 1994 na Austrália. Ele jogou seu carro contra Damon Hill após bater e quebrar a suspensão traseira de sua Benetton. O abandono duplo dava o título a ele.

Photo by: XPB Images

O valioso tri

O valioso tri
4/10

Campeão com a Benetton em 1994 e 1995, Schumacher foi para Ferrari tentar trazer a histórica equipe de volta aos dias de glória. Demorou cinco anos, mas o tri chegou em 2000. O fim do jejum de 21 anos da Ferrari foi comemorado como poucas conquistas.

Photo by: XPB Images

A sequência

A sequência
5/10

Schumacher teve pequena oposição de David Coulthard durante o início de 2001. No entanto, com a piora da McLaren na metade do ano, o piloto teve caminho livre para se sagrar campeão em agosto, no GP da Hungria.

O fim do domínio

O fim do domínio
6/10

2004 foi o ano mais dominante de Schumacher. Ele ganhou 13 corridas em 18 realizadas (recorde batido por Vettel em 2013). Na foto, a última de cinco dobradinhas dos irmãos Ralf e Michael na F1.

Photo by: BMW AG

"Fim" por cima

"Fim" por cima
7/10

Depois de um ano ruim em 2005, 2006 provou ser a grande despedida de Schumacher da F1. Ele lutou até a última prova pelo título com Alonso, perdendo o mundial por azares nas duas últimas provas do ano.

Photo by: XPB Images

O último pódio

O último pódio
8/10

Depois de uma volta à F1 mal-sucedida em 2010 pela Mercedes, em 2012 o alemão disse adeus de vez à categoria. Ele não foi bem, mas não saiu de mãos vazias. Ele foi o terceiro no GP de Valência de 2012.

Photo by: XPB Images

A última prova

A última prova
9/10

Schumacher se despediu da F1 em uma corrida cheia de alternativas em Interlagos em 2012. A prova decidia o título da temporada, entre Fernando Alonso e Sebastian Vettel. O alemão acabou sendo tri.

Photo by: XPB Images

Mensagens de despedida

Mensagens de despedida
10/10

"A vida é feita de paixões. Agradeço por compartilhar a minha", foi o que escreveu no capacete em sua última prova, além desta mensagem na lateral de seu carro.

Photo by: XPB Images
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Michael Schumacher
Tipo de artigo Últimas notícias