'Se a Red Bull tivesse dúvidas, ficaria na Toro Rosso', garante Kvyat

Piloto russo destacou a confiança da equipe em seu potencial; russo ocupará a vaga deixada por Sebastian Vettel

Kvyat se mostrou satisfeito com a postura da Red Bull, o seu novo time na F1
A Red Bull, de certa forma, surpreendeu ao anunciar o russo Daniil Kvyat como o substituto de Sebastian Vettel para a próxima temporada – o tetracampeão mundial defenderá a Ferrari. Se muitos questionaram a capacidade do novo representante da equipe, ele se mantém tranquilo e respaldado pela direção da escuderia austríaca.
 
[publicidade]Em entrevista ao ‘Speed Week’, Kvyat reiterou a confiança passada pelos grandes nomes da direção da Red Bull, como o consultor Helmut Marko e o engenheiro Christian Horner.
 
“Eles (diretores da Red Bull) tiveram que fazer uma escolha e, aparentemente, têm confiança nas minhas capacidades. Tenho a certeza que se eles tivessem algumas dúvidas, teria ficado na Toro Rosso em 2015 para ganhar mais experiência”, opinou o piloto russo.
 
Apesar de enfatizar o tratamento de confiança dado pela Red Bull, Kvyat se mantém ponderado ao realizar projeções sobre o futuro dentro do time. A princípio, em 2015, o russo ficará relegado a um cargo de segundo piloto, já que Daniel Ricciardo, após o ótimo ano de 2014, assume o papel principal dentro do time.
 
 “Estou confiante e descontraído. Mas quem sabe que problemas podem estar à minha espera. Quero ter uma temporada tranquila em que tenha oportunidade para atacar. Quero cometer o menor número de erros, mas ao mesmo tempo preciso de mostrar o melhor do que sou capaz”, encerrou o piloto russo.

Kvyat chega a um grande time da Fórmula 1 no seu segundo ano como titular na categoria máxima do automobilismo. O russo assumiu uma vaga de destaque na Toro Rosso somente neste ano de 2014, após passar uma temporada como piloto de testes.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias