"Se for a solução, não interessa que seja feio", diz Rosberg sobre megafone

compartilhar
comentários
23 de mai de 2014 16:29

Piloto em cujo carro foi testado o equipamento reconhece, no entanto, que primeira tentativa não deu certo

Notando a insatisfação de muitas pessoas em relação à falta de barulho dos motores, que sempre foi uma das características da F1, a Mercedes testou, na semana passada, uma corneta no escapamento do W05 para tentar amplificar o som do propulsor.

[publicidade] Chamado de megafone, o equipamento foi testado no carro de Nico Rosberg, porém, sem sucesso. Além de feio, não surtiu o efeito desejado. “Se encontrarmos uma solução para fazer mais ruído no final, não interessa se estará um pouco feio ou não”, disse Rosberg, direto de Mônaco. O alemão só não concordou em chamar o teste de ridículo.

“Se é ridículo eu não sei, pois estamos trabalhando para os outros. Para a gente que nos vê na televisão”, disse o piloto da Mercedes, que, no final, reconheceu que a tentativa não deu certo. “Realmente não funcionou bem, então teremos que encontrar outra solução”, completou.
Próxima Fórmula 1 matéria
Na Fórmula E, Bruno Senna reedita dupla de 2010 na Hispania

Previous article

Na Fórmula E, Bruno Senna reedita dupla de 2010 na Hispania

Next article

Hamilton é o mais rápido, mas Rosberg mostra força no último treino livre

Hamilton é o mais rápido, mas Rosberg mostra força no último treino livre
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias