"Se não foi, deveria ser punido", diz Massa sobre Webber

Brasileiro se mostrou irritado com a manobra do piloto da Red Bull que, inclusive, o fez rodar, danificando seus pneus no momento

Terminar dentro da zona de pontuação e na sétima colocação não foi ruim, mas Felipe Massa ficou com o sentimento de que poderia ir mais além se não fosse o incidente que teve com Mark Webber no GP de Abu Dhabi.

Na disputa pela sexta colocação, os pilotos chegaram a tocar rodas e Webber, escapando de um choque maior, cortou a chicane. Mas a grande reclamação de Massa é em relação ao retorno do australiano à pista, pois, segundo ele, Webber "entrou em cima", o fazendo rodar e o obrigando a parar nos boxes para trocar seus pneus.

"Por ele ter passado pelo lado de fora da pista, ter entrado em cima de mim - até rodei por isso - e ter causado o acidente, ele tem de ser punido. E se ainda não foi, deveria ser, pois, a meu ver – e em conversa que tive com os comissários –, isso não é possível", disse Massa ao TotalRace após a corrida.

O brasileiro ainda conseguiu manter um bom ritmo com os pneus médios e terminou a prova na sétima colocação. Já com os macios do início da corrida, não teve um bom ritmo.

"Com o pneu mole eu não tive um ritmo muito bom. Sofri bastante, tive até um consumo maior no meu carro por isso. Sofri com o acerto também,. Já com o pneu duro não tive tantos problemas, mesmo não tendo a chance de ultrapassar o Kobayashi", finalizou o brasileiro.

Massa ultrapassou Nico Rosberg no Mundial de pilotos e agora ocupa a sétima colocação, com 95 pontos. O piloto da Ferrari está bem atrás do sexto colocado, Jenson Button, com 153.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias