Segundo jornal espanhol, Michelin considera volta à F-1

Fabricante francesa de pneus está fora da categoria desde 2006 e segundo publicação já teria tido reunião com FOM

Michelin foi bicampeã na última entrada na F-1

A Michelin, bicampeã da F-1 com a Renault em 2005 e 2006, pode voltar à F-1 segundo o jornal espanhol AS. A publicação diz que dirigentes da fabricante se reuniram com a direção da F-1 para voltar à categoria no ano que vem.

No momento, a Pirelli continua negociando seu contrato para continuar fornecendo pneus para a Fórmula 1, mas ainda não chegou a um acordo. A japonesa Bridgestone, que de 1997 a 2010 forneceu pneus para a F-1, negou nesta semana de que pudesse voltar à categoria.

A Michelin não está presente na F-1 desde a temporada de 2006. Depois de estar sair no início da década de 80, a marca retornou em 2001 vencendo corridas até o ano de 2006 com Renault, Williams e McLaren.

O episódio negativo que marcou última entrada da fabricante na categoria aconteceu em Indianápolis em 2005, quando dois pneus das Toyotas de Ralf Schumacher e Ricardo Zonta não suportaram a as forças exercidas na última curva da pista e estouraram. O problema levou todos os pilotos da Michelin a desistirem da corrida.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias