Segundo Mark Gillan, Bottas é muito diferente de Bruno Senna e Maldonado

compartilhar
comentários
Segundo Mark Gillan, Bottas é muito diferente de Bruno Senna e Maldonado
Por: Guilherme Carvalho
11 de dez de 2012 17:03

Engenheiro-chefe de operações da Williams revela que os três pilotos têm comportamento bem distintos em relação ao feedback

Maldonado, Bottas e Bruno caminham no paddock

Quando decidiu seu trio de pilotos para 2012, incluindo o reserva Valtteri Bottas, a Williams adotou uma estratégia ousada. Com o objetivo de preparar o jovem finlandês para estrear como titular em 2013, o time inglês lhe deu 15 sexta-feiras para participar do primeiro treino livre de cada GP.

Mark Gillan, engenheiro-chefe de operações da equipe explicou a escolha. “Foi um ato de equilíbrio. Sabíamos que isso poderia prejudicar um pouco o Bruno Senna, mas tentamos minimizar o máximo possível seu prejuízo ao não participar do P1 e ao mesmo tempo fizemos o possível que para que Valtteri tivesse o seu aprendizado”, disse Gillan à Autosport.

A estratégia complicou um pouco mais a vida do brasileiro, pois segundo o próprio engenheiro, os dois pilotos são muito diferentes. “Essa é uma questão a ser analisada profundamente. Cada piloto tem um feedback diferente. Bruno é diferente de Pastor e Valtteri é muito diferente tanto de Bruno, quanto de Pastor. E nós aprendemos bastante com isso”, revelou.

Segundo Gillan, o finlandês ainda teve boa dose de contribuição no desenvolvimento do carro, ao testar em simuladores. “A presença de Valtteri no simulador foi muito importante, pois lhe ajudou a reconhecer as pistas e ajudou também que nosso pacote fosse desenvolvido”, comentou.
 

Próxima Fórmula 1 matéria
Empresário de Sutil espera decisão rápida da Force India

Previous article

Empresário de Sutil espera decisão rápida da Force India

Next article

FIA divulga texto final do regulamento para ano que vem

FIA divulga texto final do regulamento para ano que vem
Load comments