Segundo no grid, Maldonado se coloca na briga pela vitória

Venezuelano garante que a Williams tem ritmo para andar com ponteiros e acredita que é possível ultrapassar em Cingapura

Todos se mostraram surpresos com o segundo lugar de Pastor Maldonado no grid para o GP de Cingapura. Mas o venezuelano, mesmo reconhecendo que vinha tendo dificuldades no acerto do carro durante o final de semana, já se empolgou – e fala em vitória.

“Tudo pode acontecer aqui. Temos um bom ritmo com bastante gasolina. Creio que todos estamos em iguais condições na ponta e estar no meio de uma McLaren e uma Red Bull é algo importante para nós. Dá para ganhar, mas vai depender não apenas do cuidado com os pneus e do ritmo, como também da estratégia que poderemos fazer amanhã”, afirmou ao TotalRace.

Maldonado destacou que a degradação e o fato da corrida ser longa e disputada sob intenso calor tornarão a noite de domingo complicada para os pilotos em Marina Bay.

“Vínhamos tendo dificuldade em acertar o carro, mas conseguimos um ótimo equilíbrio para a classificação e estou confiante para amanhã. Ontem, fiz algumas sequências longas e nossa degradação estava muito boa. Estou animado. Os pilotos têm de ficar muito focados durante a corrida porque as condições são de muito calor e precisamos acertar tudo para conseguir uma boa performance.”

O piloto da Williams acredita que, ao contrário dos anos anteriores, veremos muitas trocas de posição na corrida de amanhã.

“Acho que será possível ultrapassar devido à alta degradação esperada para amanhã. Acho que todos terão dificuldades com os pneus em algum momento da prova. Por isso, a estratégia tem de ser muito boa.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias