Segundo, Vettel promete mais força no próxima temporada

"A dobradinha para equipe é muito bom, foi um ano fenomenal e queremos recarregar as baterias para voltar mais fortes.”

Sebastian Vettel (Miguel Costa Jr.)

Sebastian Vettel não está acostumado com os problemas que tem sofrido nas últimas duas etapas. Depois do pneu furado que o tirou do GP de Abu Dhabi, desta vez foi o câmbio que o desapontou na prova.

“Tive uma boa largada e consegui abrir, mas tivemos de lidar com um problema de câmbio, que estava piorando a cada volta. A corrida de Senna veio a minha cabeça. Não gosto dessa má sorte, mas é claro que acontece.”

O bicampeão, entretanto, sabe que não tem do que reclamar, depois de um ano em que sobrou no campeonato. "Tivemos uma ótima temporada e não deveria ficar triste agora. A dobradinha para equipe é muito bom, foi um ano fenomenal e queremos recarregar as baterias para voltar mais fortes.”

O alemão refletiu sobre a temporada que teve com a Red Bull. “É um bom final de temporada com ambos os carros no pódio, Claro que queria terminar de maneira normal, mas tivemos uma boa temporada. Sabíamos que tínhamos um carro competitivo e poderíamos ganhar algumas corridas, mas a equipe elevou muito seu nível em relação aos últimos anos. Parece que gostamos do que fazemos. No final das contas, não importa que tenhamos de trabalhar até mais tarde, porque sabemos o quão doce será no final da temporada.”

Vettel acredita que foi esse esforço em conjunto que fez o campeonato parecer até mais fácil do que deveria, se observadas as diferenças de performances entre os carros.

“A McLaren puxou muito e, no final ,eles estavam muito perto. Provavelmente foi muito mais próximo do que o resultado final mostra, o que significa que nosso lado operacional tentou tirar 100% todo o tempo do nosso pacote. Será um ano para o qual vamos olhar e ficar orgulhosos.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias