Sem o Kers, Barrichello não passa da 14ª colocação no grid

compartilhar
comentários
Sem o Kers, Barrichello não passa da 14ª colocação no grid
Por: Julianne Cerasoli
23 de jul de 2011 10:35

Com problemas de excesso de peso em um carro que já não está 100%, brasileiro tem classificação cheia de dificuldades

Barrichello foi o 14º em todas as sessões em Nurburgring

Após mais uma classificação difícil, Rubens Barrichello explicou ao TotalRace que problemas com o peso do conjunto carro/piloto o obrigaram a correr sem o Kers. O resultado foi a 14ª colocação, logo atrás do companheiro de Williams, Pastor Maldonado.

“Nosso problema foi que, ontem, quando a gente começou a pesar o carro, ele estava 8 kg acima por causa do Kers. E eu já tinha corrido seis acima do peso em Silverstone. Então, tivemos de tirar o Kers no meu carro – já que o Pastor pesa pelo menos 10 kg a menos que eu. Sabíamos que isso afetaria ainda mais o rendimento na classificação, mas esperamos que, na corrida, com a distribuição de peso que fizemos, ajude um pouco. De qualquer forma, não estamos competitivos aqui.”

O piloto da Williams, no entanto, afirmou que esse não é seu único problema no momento: o carro simplesmente não está se comportando bem em Nurburgring.

“O Kers significa uns três décimos, mas meu carro estava ruim na classificação, saindo de traseira. No treino da manhã, andamos bem, melhor que ontem, mas na classificação ocorreu o que eles chamam de struggle (dificuldade, em inglês) total.”

Barrichello revelou que, com o asfalto mais frio que o normal, por volta dos 22ºC, os pilotos estão tendo trabalho com os pneus.

“Não está fácil, todos estão bloqueando bastante – eu já estou com um pneu um pouco dechapado por uma frada –, então acho que isso pode determinar quantas paradas.”

Maldonado, que larga em 13º, se mostrou mais contente com o carro e confiante de que, se a Williams lidar bem com os pneus na corrida, é possível pensar em marcar seus primeiros pontos na temporada.

“Mudamos tudo de ontem para hoje e o carro funcionou melhor, principalmente pela manhã. Devemos estar satisfeitos devido à maneira como começamos o final de semana. Como disse ontem, esta vai ser uma das corridas mais difíceis para a equipe devido ao tipo de pista e vamos ver o que acontece amanhã. Tudo vai depender da estratégia, no consumo de pneus. Se a Williams não gastar muito, e possível marcar pontos.”

(colaboraram Luis Fernando Ramos e Felipe Motta, de Nurburgring)

Próxima Fórmula 1 matéria
Em Nurburgring, Webber faz segunda pole consecutiva em 2011

Previous article

Em Nurburgring, Webber faz segunda pole consecutiva em 2011

Next article

Quinto, Massa revela dificuldade em aquecer os pneus

Quinto, Massa revela dificuldade em aquecer os pneus
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Rubens Barrichello , Pastor Maldonado
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias