Sem oba-oba pelo bi, Vettel homenageia japoneses em capacetes

compartilhar
comentários
Sem oba-oba pelo bi, Vettel homenageia japoneses em capacetes
Por: Julianne Cerasoli
6 de out de 2011 06:36

Alemão lembra reconstrução após terremoto e afirma que só pensa em maximizar as oportunidades na corrida

Vettel se mostra tranquilo no final de semana em que pode ser bi

Que Sebastian Vettel tem a mania de trocar de capacete praticamente a cada corrida, não é novidade. Mas o alemão aproveitou o GP do Japão, não para fazer qualquer menção ao fato de que muito provavelmente será bicampeão no domingo, mas sim para homenagear os japoneses em sua reconstrução após o terremoto seguido de tsunami do último mês de março.

“Existe um símbolo no Japão que se chama Kizuna e significa ‘recuperar a compostura’. Coloquei-o no topo do capacete e é uma homenagem para que a gente entenda o que aconteceu, algo que é difícil de imaginar, e aprender com a reação das pessoas, de como elas lidaram com isso de uma forma forte e trabalharam para reconstruir o país. É uma pequena homenagem a isto.”

Falando sobre a grande possibilidade de conquistar o campeonato neste final de semana – precisa marcar um ponto caso Jenson Button vença a prova – Vettel garantiu que vai encarar o GP como qualquer outro.

“Ainda que seja apenas um ponto, temos de nos certificar que conseguiremos. Se alguém quiser me ajudar, é só empurrar Jenson na escada”, brinca o piloto da Red Bull. “Nosso alvo não é conseguir um ponto, não é ganhar o campeonato, mas sim fazer o nosso melhor. Se o melhor por um acaso for ser décimo, tentaremos ser décimos, se houver a possibilidade de vencer é o que vamos tentar.”

O vencedor dos dois últimos GPs do Japão reconheceu que “a vida não fica muito melhor” para ele e sua equipe do que quando estão no primeiro setor da pista, em que uma boa aerodinâmica é recompensada. Ainda assim, não acredita que a corrida seja um passeio.

“Teremos a asa traseira móvel, Kers e acho que veremos mais do que uma parada. Ano passado foi bem simples. Acho que [em 2011] há uma grande chance de vermos boas disputas.”

(colaborou Luis Fernando Ramos, de Suzuka)

Próxima Fórmula 1 matéria
Kobayashi: "As pessoas ainda estão sofrendo no Japão"

Previous article

Kobayashi: "As pessoas ainda estão sofrendo no Japão"

Next article

Em boa fase, Button quer levar McLaren ao nível da Red Bull

Em boa fase, Button quer levar McLaren ao nível da Red Bull
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Sebastian Vettel Shop Now
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias