Sem pontuar em 2014, Massa vê Sochi boa para Williams

Após uma falha na potência do motor Mercedes no início da classificação, brasileiro teve de se contentar com 11º no ano passado

Em uma pista cuja a natureza favorece o projeto do carro da Williams, Felipe Massa espera dar um bico na má fase e voltar à zona de pontos. Após seu terceiro lugar em Monza, o piloto teve problemas em Cingapura e no Japão.

Apesar de ter tido uma corrida difícil em Sochi em 2014, onde finalizou apenas em 11º após ter ficado no Q1 graças a problemas em sua unidade de potência, Felipe é otimista.

"Rússia é uma pista muito boa e com algumas retas longas, que a tornam interessante para ultrapassagens”, falou.

“O circuito tem de tudo quase, começando com retas, indo para curvas de alta velocidade e, em seguida, curvas muito lentas no setor do meio. Isso faz com que o acerto do carro seja realmente importante, e a importância de ter bom downforce é evidente. Espero não repetir a classificação do ano passado. Estou confiante de que podemos ter uma corrida competitiva".

O otimismo de Massa é justificado também pelo pódio conquistado em Sochi pelo companheiro de equipe Valtteri Bottas no ano passado.

"Tivemos um bom resultado no ano passado na Rússia, por isso estamos esperando outro fim de semana forte e alguns bons pontos”, falou o finlandês.

“Todos nós conhecemos a pista agora, é bem fluída. Ela também tem longas retas, o que se ajusta bem ao nosso carro. Os fãs mostraram paixão no ano passado, por isso estamos ansiosos para fazer outro bom show para eles. Estávamos perto da Mercedes no Japão e acho que podemos estar perto novamente em Sochi, assim como estivemos em 2014."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Pista Sochi Autodrom
Pilotos Felipe Massa , Valtteri Bottas
Tipo de artigo Últimas notícias