"Sempre houve tensão entre mim e Lewis", garante Rosberg

Alemão diz não ter se surpreendido com reações do inglês em Mônaco: "É assim desde que tínhamos 13 anos"

O clima tenso entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton durante o final de semana do GP de Mônaco não assusta o piloto alemão, que garante estar acostumado com as táticas do ex-companheiro dos tempos de kart.

Depois de tirar a liderança do campeonato das mãos do inglês ao batê-lo em Monte Carlo, Rosberg não espera que a tensão se intensifique. “Não é uma luta mais psicológica agora. Sempre foi um jogo psicológico, desde que tínhamos 13 anos”, disse em entrevista acompanhada pelo TotalRace.

[publicidade]“A atitude dele no final de semana não me surpreendeu. É difícil você se surpreender com alguém que conhece desde os 13 anos. Tivemos alguns momentos muito difíceis no kart e sempre deixamos as coisas acalmar, conversamos e seguimos adiante. Sempre com respeito.”

Rosberg admite que “há uma tensão” entre os dois, mas ressalta que isso não é novidade. Ele e Hamilton foram companheiros na adolescência e retomaram a parceria ano passado, já na Mercedes.

“Há uma tensão, é claro. Mas sempre houve. Ano passado estávamos lutando por quinto, sextos lugares, e agora sempre estamos na briga por vitórias e isso intensifica as coisas”, reconheceu o alemão, que afirmou não estar tentando adotar um papel apaziguador.

“Sei que os jornalistas gostam de colocar pimenta nas coisas. Só estou tentando que nenhuma pimenta que não seja real seja vista como a realidade.”
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias