Senna, 13º, relata classificatório como "frustrante", pois "carro é bom"

Brasileiro da Williams citou que poderia passar para o Q3 não fosse a bandeira amarela no fim da segunda parte da classificação

O brasileiro Bruno Senna relatou o treino classificatório para o Grande Prêmio da Grã-Bretanha, na pista de Silverstone, como frustrante. O piloto da Williams foi prejudicado com uma bandeira amarela nos últimos segundos do Q2, que o atrapalhou no fim do treino, deixando-o em 13º no grid.

Após sair do carro, TotalRace foi ouvir Senna, que disse o que faltou para ele passar ao Q1:

"Faltou não ter a bandeira amarela na última volta. Estava tranquilamente passando [para o Q1]. Não demos sorte, vamos ver amanhã."

Alguns pilotos passaram seis décimos mais lentos no Q2 – como Alonso – com a bandeira amarela provocada por um carro da Lotus rodado na brita. Senna ainda tem que ver a situação para ver se é cabível alguma punição para alguém.

"Vamos ter que olhar para ver se existe punição. Todos vão falar que tiraram o pé, mas, em condições escorregadias como essa, não podemos correr esse risco. Foi frustrante", disse.

Para a prova deste domingo, Senna comentou que o carro é realmente bom, mas a posição de largada não condiz com o rendimento de sua Williams. "O carro é bom, tem bastante ritmo para tirar, e mais uma vez classificamos em um lugar onde não devia estar", finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias