Senna diz que "top 10" é a esperança para Melbourne

"É difícil saber. A pista é diferente daqui, as condições idem e será igual para todo mundo. A esperança é estar entre os dez"

Bruno Senna

Terceiro lugar neste domingo, seu melhor resultado na pré-temporada, Bruno Senna analisou com otimismo o trabalho feito pela Williams e por ele nos treinos coletivos.

Tendo de dividir a condução do carro com o parceiro Pastor Maldonado, Senna completou pouco mais de 50 voltas, testando novas partes e trabalhando no acerto, registrando o tempo de 1min22s296.
 
"Foi um bom treino. Ontem, aprendi mais sobre o carro e hoje estava mais confiante. O tempo melhorou um pouquinho, não foi a volta perfeita, mas o carro evoluiu. Temos de ver nossa posição na Austrália, mas estão todos bem próximas", comenta.
 
"O assoalho novo melhorou a estabilidade, mas nosso pacote grande vem pra corrida de Barcelona, na temporada europeia. Ainda não tirei o máximo dos pneus macios, mas o carro vem tratando bem eles", destaca Senna, que se vê em condição bem melhor que nos anos anteriores.
 
"As temporadas que fiz, mesmo em 2010 e no ano passado foram muito boas para dar experiência e conhecimento técnico. Chego com mais bagagem e experiência. Andar com os pneus Pirelli ajudou muito. Ter de aprender tudo aqui seria difícil. Estou em um patamar um pouco melhor."
 
Para Melbourne, Senna descarta pódio, mas acredita ser possível ficar entre os dez. "É difícil saber. A pista é diferente daqui, as condições idem e será igual para todo mundo. A esperança é estar entre os dez na Austrália. Todos estão trabalhando. Pódio é um pouco demais, mas se vier é muito bom."
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias