Senna, oitavo do dia, aprova circuito e mira Q3 na classificação

compartilhar
comentários
Senna, oitavo do dia, aprova circuito e mira Q3 na classificação
16 de nov de 2012 19:34

Curva 1 “desajeitada” fará de largada ponto complicado do GP dos Estados Unidos e dificuldade em seguir carros dificultará ultrapassagens

Bruno nesta sexta-feira

No primeiro treino livre a Williams enfatizou sua simulação de corrida, dando pouca atenção ao tempo de volta. Tanto que Pastor Maldonado ficou apenas em 16º e Bruno Senna em 22º. No segundo treino o trabalho mudou e os dois pilotos subiram bastante na tabela de tempos: o brasileiro fechou em oitavo e o venezuelano foi o 12º.

Senna, que treinou nas duas sessões, algo raro em 2012, aprovou o traçado norte-americano. E não teve trabalho para apontar o trecho mais complicado da pista: “A curva 1 é uma das curvas mais desajeitadas que tem na pista, você freia em uma subida, o carro para bem e de repente a traseira começa a soltar. Você vê muita gente tendo dificuldade lá.”

“Tudo vem de passar na sujeira. Será uma aventura grande na primeira curva na corrida e também quando sai dos boxes. A primeira sequência de curvas rápidas, da 2 até a 8, é muito legal. Você ataca e se diverte”, disse Bruno.

Com base na performance dos treinos de sexta fica a expectativa da Williams lutar por vagas no Q3 no treino de classificação, que começa neste sábado às 16 horas (Brasília). O brasileiro continua com um ponto de interrogação se o feito é possível. “Difícil dizer porque todo mundo estava colocando o pneu em momentos diferentes. Não fomos nem os primeiros nem os últimos a colocar pneus novos.”

“O segredo é fazer o pneu funcionar, e nas últimas voltas eu consegui. A diferença entre os carros que estão na frente com mais pressão aerodinâmica para quem está para trás é muito grande. Será uma batalha dura”, acrescentou em pergunta realizada pela reportagem do TotalRace, em Austin, no Texas.

Ainda com base nos treinos livres, Bruno Senna analisou se as ultrapassagens irão acontecer com facilidade. “Está fácil de errar. É capaz de ter ultrapassagem. Mas é muito difícil seguir os carros aqui, uma catástrofe. Não será fácil ultrapassar”, finalizou o piloto da Williams.

Próxima Fórmula 1 matéria
Vettel destaca importância de acompanhar mudanças da pista

Previous article

Vettel destaca importância de acompanhar mudanças da pista

Next article

Schumacher revela problemas e surpresa com circuito do Texas

Schumacher revela problemas e surpresa com circuito do Texas
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP dos EUA
Pilotos Bruno Senna
Tipo de matéria Últimas notícias