Senna se vê em posição melhor de conseguir vaga que em 2010

Piloto brasileiro acredita que experiência de 2011 contará a favor, mas admite que faltam vagas no mercado

Senna no GP do Brasil

Ainda com o futuro indefinido para a temporada 2012, Bruno Senna defende que as equipes deveriam dar mais oportunidades aos pilotos que estão chegando na F-1 e se vê em melhor situação do que há 12 meses para conseguir uma vaga no ano que vem, depois das oito provas que fez com a Renault em 2011.

“Na F-1 há anos em que mais pilotos vão embora e há aqueles em que não há mudanças, então é bom ver mais pilotos tendo uma chance. Acho que precisamos ver mais pilotos jovens tendo uma chance de verdade na F-1 para, digamos, dar uma renovada.”

“Só de ter uma chance de verdade na F-1, esses caras me deram a oportunidade de estar em uma posição muito melhor do que nessa mesma época no ano passado, e mesmo em julho”, Senna afirmou ao jornal britânico Norwich Advertiser. “Eles me deram a chance de provar o que posso fazer e em algumas ocasiões fui muito competitivo, então é bom saber que em um carro bom eu posso fazer as coisas acontecerem na F-1 e estou ansioso para o ano que vem.”

Em relação as suas possibilidades para 2012, o piloto brasileiro não se aprofundou.

“Ainda não sei – estou trabalhando na minha próxima temporada, mas como disse, acho que estou em uma situação muito melhor do que no ano passado e esperamos ter boas notícias.”

Falando à Autosport, Senna reconheceu que pode aceitar voltar a ser terceiro piloto, desde que consiga andar nos trienos livres.

“Para ser terceiro piloto teria que ser em um papel semelhante ao que alguns tiveram neste ano, pilotando às sextas-feiras. Isso permite que você continue ativo e faça algo relevante para a equipe. Também teria de ser com a equipe certa, mas poderia ser uma opção.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias