Sepang assina novo contrato para sediar GP até 2018

No calendário desde 1999, Fórmula 1 continua indo para pista malaia por mais pelo menos três anos

Os organizadores do GP da Malásia e a Fórmula 1 chegaram a um novo acordo durante este fim de semana em Kuala Lumpur. A pista de Sepang receberá o evento por mais pelo menos três anos, até 2018. O GP foi disputado pela primeira vez em 1999, teve sua  17ª edição neste ano e agora tem garantida a 20ª edição.

[publicidade]Como parte do acordo, a petrolífera nacional malaia, a Petronas, continuará sendo a patrocinadora oficial do GP, como tem sido desde o início. A empresa também patrocina times da categoria desde 1996. A primeira equipe foi a Sauber, que virou BMW, e desde 2010 a Mercedes.

As negociações desde final de semana colocam fim no futuro nebuloso e na indecisão que existiam quanto ao futuro da corrida antes do final de semana.

Em 2015, Sebastian Vettel venceu pela quarta vez o GP em sua carreira, contabilizando sua 40ª vitória. Sua primeira pela Ferrari.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias