"Seria triste não ver Rubens na F-1", afirma Michael Schumacher

compartilhar
comentários
Por: Luis Fernando Ramos
24 de nov de 2011 13:01

Desafeto histórico do piloto brasileiro defende sua permanência na categoria por mais uma temporada

Schumacher afirmou que Barrichello é um dos ícones da F-1

Na luta por permanecer na Fórmula 1, Rubens Barrichello ganhou um apoio mais do que inesperado. Perguntado pelo TotalRace, Michael Schumacher, seu desafeto hitórico, afirmou que torce muito para ver o brasileiro no grid de largada da categoria em 2012.

"Ele é um dos ícones da F-1 e seria triste não vê-lo aqui no ano que vem. Cruzo meus dedos para que não importe apenas o dinheiro, mas também a qualidade. Ele deveria ter uma vaga para o ano que vem", afirmou o alemão.

Desde seu retorno às pistas, no ano passado, o alemão e o brasileiro tiveram alguns desencontros: uma defesa de posição exagerada de Schumacher no GP da Hungria de 2010 aprofundou um mal-estar entre os dois.

No mesmo ano, Barrichello julgou que o alemão lhe prejudicara na classificação do GP da Coreia, e recebeu um pedido de desculpas de Schumacher. Neste ano, com performances tão discrepantes entre os carros de Mercedes e Williams, não houve maiores incidentes entre os dois.

Próxima Fórmula 1 matéria
Razia se diz tranquilo para ensaio em Interlagos

Previous article

Razia se diz tranquilo para ensaio em Interlagos

Next article

Charouz substitui Liuzzi no primeiro treino livre

Charouz substitui Liuzzi no primeiro treino livre
Load comments