Sétimo, Hamilton afirma que novidades da McLaren funcionaram

compartilhar
comentários
Sétimo, Hamilton afirma que novidades da McLaren funcionaram
Por: Julianne Cerasoli
22 de jul de 2011 11:34

Inglês reitera, contudo, que evolução ainda não parece ser suficiente para andar de igual para igual com Red Bull e Ferrari

Hamilton afirmou que as novidades da McLaren funcionaram

Sétimo nos treinos de hoje, atrás de ambas as Red Bull, Ferrari e Mercedes, Lewis Hamilton garantiu em entrevista acompanhada pelo TotalRace que as mudanças em sua McLaren – nova asa traseira e mudanças no assoalho – surtiram efeito, mas teme que não seja o suficiente.

“Não foi diferente de nenhuma sexta-feira até agora, mas foi um dia um pouco melhor do que tivemos em Silverstone, o que é positivo. Colocamos algumas coisas que melhoraram o carro e avançamos em relação à última corrida, ainda que os rivais pareçam ter o mesmo ritmo que mostraram na Grã-Bretanha, ou seja, continuam um pouco à frente de nós.”

O inglês não espera que o cenário mude na classificação, mas aposta que pode brigar pelo pódio na corrida de domingo.

“Em ritmo puro, de classificação, não conseguimos andar com eles. Pelo menos é o que pareceu hoje, temos de ver como será amanhã. Com todo mundo com pouco combustível, poderemos estar mais próximos – mas eu duvido. É na corrida que podemos andar mais perto deles. As mudanças no clima e a temperatura baixa podem nos ajudar para chegarmos em pelo menos uma das Ferrari e uma das Red Bull.”

Hamilton sabe muito bem de que precisa fazer para estar em posição de ganhar corridas: “pegaria um monte de pressão aerodinâmica e colocaria na frente e na traseira do meu carro. Daí ganharíamos corridas.”

Brincadeiras à parte, o inglês afirmou que tem esperanças de que a McLaren tem a habilidade para virar o jogo.

“Tenho de ter fé na minha equipe, nos engenheiros, e esperar que, eventualmente, vamos diminuir a diferença. Sempre fomos conhecidos por ser um time que sabe virar o jogo e ainda acreditamos nisso. No momento, há a diferença que existiu o ano todo. É a Ferrari que parece ter diminuído a desvantagem para a Red Bull. Mas isso não significa que está terminado.”

(colaborou Felipe Motta, de Nurburgring)

Próxima Fórmula 1 matéria
Cockpit fechado divide opiniões entre os pilotos do grid

Previous article

Cockpit fechado divide opiniões entre os pilotos do grid

Next article

"Não adianta querer ser herói e passear na grama", diz Bruno

"Não adianta querer ser herói e passear na grama", diz Bruno
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton Shop Now
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias