Sétimo, Mark Webber admite que não era rápido o suficiente

Australiano da Red Bull revelou alguns problemas no motor e ainda perdeu tempo preso atrás de quem faria uma parada

Webber foi apenas o sétimo no Canadá

 

Mark Webber fez uma corrida apagada no Canadá. O australiano, sétimo colocado na prova, não teve ritmo para acompanhar os líderes e acabou preso atrás de Kimi Raikkonen e Sergio Perez, que demoraram para fazer sua primeira e única parada.

“Não éramos rápidos o suficiente em determinadas partes da corrida, o que afetou a estratégia. Perdi muito contato com os líderes no primeiro stint. Tivemos alguns pequenos problemas com o motor dos quais tivemos de cuidar”, afirmou ao TotalRace.  

“Quando parei, voltei atrás daqueles que iam fazer apenas um pit stop e perdi muito tempo, o que é normal, porque podem fazer sua própria corrida. A não ser que o piloto da frente esteja com muitos problemas com os pneus, não é o lugar mais fácil para se ultrapassar.”

Resignado com o resultado, Webber espera começar tudo do zero em Valência, na próxima etapa.

“Precisávamos de mais voltas no final para chegar no Fernando e em outros, mas fizeram um trabalho melhor do que nós hoje e temos de trabalhar mais duro na próxima.” 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias