Sétimo, Massa comemora “ótima corrida” de recuperação em Mônaco

compartilhar
comentários
Sétimo, Massa comemora “ótima corrida” de recuperação em Mônaco
25 de mai de 2014 12:18

Brasileiro escapa de acidentes e problemas no principado para repetir pela terceira vez seu melhor resultado do ano

Depois de ser acertado por Marcus Ericsson na Mirabeau ontem na classificação, Felipe Massa ousou na estratégia, deixou para parar depois de todos – que aproveitaram a ocasião de um Safety Car para fazer seus pit stops – ficou mais tempo na pista com os pneus supermacios e colocou os macios no fim da prova para finalizar a corrida tendo pneus mais bem conservados que seus concorrentes para atacar e ser rápido.

[publicidade]Felipe também se aproveitou dos vários problemas mecânicos e acidentes que aconteceram durante as 78 voltas da prova.

“Estamos em Mônaco, muitas coisas podem acontecer como aconteceram hoje. Escolhi até uma estratégia diferente que no final não sabia se ia dar certo, mas se tivesse parado quando todo mundo parou ia estar atrás dos mesmos carros de qualquer jeito”, definiu Massa ao TotalRace após a prova em Mônaco.

“No fim foi bom, foi uma ótima corrida. Tive um pouco de sorte com os problemas que aconteceram. Quer dizer, na verdade sorte não, porque em Mônaco essas coisas sempre acontecem. Conseguimos encontrar o caminho certo nestes problemas para ganharmos posições. Encontramos também um bom ritmo com o supermacio, tanto que depois do Safety Car achei que estaria em um problema sério, na frente de vários carros com os pneus novos. No final consegui abrir uma boa vantagem, o que mostrou que o carro estava bom – melhor com o supermacio do que com o macio.”

Massa também exaltou sua atuação, falando que há tempos não fazia corrida de recuperação como esta. “Em corrida faz tempo que não ganho tantas posições assim. Foi uma boa corrida. Eu não tinha um carro para largar em 16º. Era para ter largado em décimo ou nono, não estávamos com um carro tão competitivo. Mas o sétimo foi um bom resultado para hoje.”

Questionado pelo TotalRace se acredita que os pilotos novos estejam sendo mal preparados para chegar à F-1, após o problema que teve com Ericsson na classificação e o toque com uma Marussia que custou a Räikkönen o terceiro lugar hoje na corrida, Massa mostrou insatisfação com as categorias de formação. “Isso mostra que esses pilotos que chegam da GP2, chegam com uma cabeça completamente diferente. Isso mostra que têm muito o que eles melhorarem ainda, têm muito o que trabalhar.”

“A gente viu há um tempo atrás o Pérez fazendo besteiras, mas melhorou agora, tinha o Grosjean, o Maldonado. Acho que tem um problema sério nas categorias de base. Na minha época não me lembro de tantos problemas nas categorias de base. As categorias de base devem ter mudado bastante hoje.”

O companheiro de Massa, Valterri Bottas, vinha bem posicionado dentro da zona de pontuação, brigando com as McLaren, quando teve um problema na unidade de potência da Mercedes.

“Isso é frustrante", disse o finlandês. "Precisamos investigar para saber exatamente o que aconteceu. Depois da largada, eu rapidamente cheguei na zona de pontuação e poderia ter sido um bom final de semana. Pelo menos Felipe terminou em sétimo.”
Próxima Fórmula 1 matéria
Com direito a drama, nanica Marussia pontua pela primeira vez

Previous article

Com direito a drama, nanica Marussia pontua pela primeira vez

Next article

Hamilton reclama de estratégia e diz que pilotou "com um olho"

Hamilton reclama de estratégia e diz que pilotou "com um olho"
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias