Sirotkin e Stroll terão dois engenheiros de corrida cada

compartilhar
comentários
Sirotkin e Stroll terão dois engenheiros de corrida cada
Por: Lawrence Barretto
Traduzido por: Daniel Betting
28 de fev de 2018 15:34

Sergey Sirotkin e Lance Stroll terão dois engenheiros de corrida para a temporada 2018 da Fórmula 1 como parte de uma reorganização de staff operacional na Williams

Sergey Sirotkin, Williams FW41
Sergey Sirotkin, Williams FW41
Sergey Sirotkin, Williams FW41
Sergey Sirotkin, Williams FW41
Sergey Sirotkin, Williams FW41
Sergey Sirotkin, Williams FW41
Sergey Sirotkin, Williams FW41
Paddy Lowe, Williams technical director, Lance Stroll, Williams

James Urwin continuará trabalhando com o Lance Stroll nesta temporada, mas dividirá seus deveres com Luca Baldisserri, que completou as quatro últimas corridas de 2017, enquanto Urwin estava de licença paternidade.

Andrew Murdoch, que trabalhou com Felipe Massa no ano passado, se juntará a Paul Williams, que era engenheiro aerodinâmico de pista, como engenheiros de corrida de Sergey Sirotkin.

"Tivemos algumas mudanças operacionais e acho que, pelo que vi agora [no teste de Barcelona], elas são realmente positivas", disse o chefe de engenharia de desempenho, Rob Smedley, ao Motorsport.com.

"Temos quatro engenheiros de corrida em vez de tentar separá-los entre engenheiros de corrida ou de dados, como costumavam ser chamados e agora há um bom equilíbrio em todos os carros”.

"Como temos dois jovens pilotos, é fundamental que a informação seja processada rapidamente e compartilhada, de modo que tenhamos uma visão coerente na equipe”.

"Nós temos Luca Baldisserri e James Urwin, que estavam com Lance no ano passado, compartilhando deveres de engenharia de corrida em um carro”.

"Então, temos Andrew Murdoch, engenheiro de desempenho super experiente, trabalhando com Paul Williams, que é um engenheiro muito experiente e um gerente muito bom de pessoas e tecnicamente”.

"Ele já se fixou com Sergey. Lance está igualmente feliz com o que fizemos trazendo Luca, que estava com Lance no caminho de volta aos dias de Prema”.

"É mais coerente e mais focado na equipe, além de estar focado individualmente nos pilotos".

Smedley acrescentou que ambos os pilotos estão trabalhando de perto com o piloto reserva Robert Kubica no teste.

"Eu vi ambos migrando para ele por sua experiência", disse Smedley. "Isso é ótimo”.

"Robert está feliz em se envolver e dar sua experiência. Robert vai fazer alguns testes com a gente, o que significa que ele tem uma entrada regular no carro atual, e podemos aproveitar sua experiência”.

Os ajustes de pessoal fazem parte de um projeto mais amplo da Williams para aumentar a profundidade de sua organização para lidar com as demandas de um calendário que já representa 21 corridas e provavelmente se expandirá no futuro.

"Se tivermos 25 corridas, teremos a necessidade de ter uma estabilidade dentro da equipe de viagem", afirmou.

"Dentro disso, você quer suas melhores e mais experientes pessoas. Tudo isso não se encaixa porque geralmente, suas melhores e mais experientes pessoas nem sempre estão a bordo de 25 corridas por ano”.

"O que você precisa fazer é aumentar o pool um pouco mais e ter alguma rotação. Temos planos de rodar em alguns dos papéis da engenharia através do nível técnico neste ano".

Próxima Fórmula 1 matéria
Gasly critica introdução do halo após primeiro teste

Previous article

Gasly critica introdução do halo após primeiro teste

Next article

Bottas: Não desperdiçarei tempo em jogos mentais de Hamilton

Bottas: Não desperdiçarei tempo em jogos mentais de Hamilton

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sergey Sirotkin , Lance Stroll
Equipes Williams
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias