Sirotkin: Processo da Williams para 2019 é “bem diferente”

compartilhar
comentários
Sirotkin: Processo da Williams para 2019 é “bem diferente”
Por: Scott Mitchell
Traduzido por: Gabriel Lima
17 de out de 2018 14:57

Time abordou o desenvolvimento de seu carro 2019 na Fórmula 1 em "um processo bastante diferente" depois de aprender com problemas deste ano, diz russo

A Williams reformulou seu carro para esta temporada no início deste ano, mas como explica o diretor técnico do time, Paddy Lowe, em entrevista exclusiva para a edição desta semana da revista Autosport, "algumas mudanças de design mais radicais não funcionaram".

Os sidepods, atacados de forma agressiva no FW41, foram um avanço que contribuíram para que o carro sofresse um problema de stall (perda instantânea de pressão aerodinâmica) no difusor e falta de equilíbrio na entrada das curvas.

A Williams fez mudanças em sua equipe técnica nesta temporada, tentando se recuperar dos erros e também reviu processos internos para descobrir o que deu errado.

Piloto, Sergey Sirotkin disse: "tudo se baseia em uma compreensão, digamos, muito fundamental no processo de construção do carro”.

"Tudo começou de lá e é por isso que demoramos tanto para entender tudo da melhor forma e superar isso. Acho que aprendemos muitas lições sobre o procedimento do zero ao final, e acho que pela maneira como estamos encarando o novo carro, será um processo bem diferente.”

"Assim, podemos evitar os problemas que de repente encontramos este ano e, obviamente, colocar mais desempenho no carro."

Sirotkin ainda não foi confirmado para a temporada que vem com a Williams, mas tem sido um visitante regular em sua sede em seu primeiro ano na F1.

O russo tem falado regularmente sobre seu desejo de correr na Williams como equipe líder e disse ter visto sinais encorajadores para 2019 em visitas recentes à fábrica.

"Eu não quero ser muito otimista, mas já pareceu um grande passo", disse Sirotkin. "É exatamente a mesma situação do ano passado. É um passo à frente, o que é sempre bom. Não quero dizer que voltaremos imediatamente e estaremos 100% como queremos, mas com certeza parece que aprendemos uma lição."

Diretor técnico, Paddy Lowe disse que está "absolutamente certo" que a Williams precisa ser capaz de identificar diferenças em sua abordagem para o carro de 2019 tanto quanto ser capaz de ver melhorias nos dados.

"Não vamos apenas virar a mesma manivela e dizer que demos um bom passo adiante", disse Lowe. "Temos que abordar as coisas de uma maneira diferente e melhor”.

"Nada disso é fácil, não são coisas da noite para o dia. É a natureza da competição. Não há promessas sobre o que pode ser alcançado, mas estou confiante de que vamos mudar essa direção."

Next article
F1 abre mão de taxas dos próximos 3 GPs no Brasil, diz site

Previous article

F1 abre mão de taxas dos próximos 3 GPs no Brasil, diz site

Next article

Austin aumenta zebra para evitar manobra como a de Verstappen em 2017

Austin aumenta zebra para evitar manobra como a de Verstappen em 2017
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Williams
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Últimas notícias