Sirotkin resgata número da Andrea Moda para carreira na F1

compartilhar
comentários
Sirotkin resgata número da Andrea Moda para carreira na F1
19 de jan de 2018 12:05

Piloto russo contará com o #35, que não era usado de forma oficial desde Bertaggia e McCarthy com a fraca equipe italiana, em 1992

Novato para a temporada de 2018 da F1, Sergey Sirotkin escolheu o #35 para ser seu número oficial na categoria.

O russo, de 22 anos, fará sua primeira temporada completa na F1 com a Williams. Ele levou a melhor na disputa contra Robert Kubica e será companheiro de equipe de Lance Stroll.

Desde 2014, os pilotos precisam escolher os números definitivos para seus carros, sendo que apenas o campeão tem a opção de mudar – já que ele pode adotar o #1 no ano seguinte ao título se assim quiser.

O #35 não é usado em uma largada de F1 desde 1991, quando Eric van de Poele conseguiu se classificar para o GP de San Marino com a Lamborghini. Depois disso, em 92, o número foi utilizado por pilotos da fraquíssima Andrea Moda, Enrico Bertaggia e Perry McCarthy, que não fizeram o suficiente alinhar em um GP. Aquela foi a última vez que um carro elegível para competir usou o #35 na F1.

De lá para cá, o #35 só foi utilizado por pilotos reservas em atividades de GP, como aconteceu com Anthony Davidson (2004), Pedro de la Rosa (2005), Alexander Wurz (2005 e 2006), Sebastian Vettel (2007) e George Russell (2007).

Outro estreante na temporada de 2018, Charles Leclerc, da Sauber, alinhará no grid com o #16. 

Próxima Fórmula 1 matéria
Chefe: Renault esteve 10 anos atrasada em relação aos rivais

Previous article

Chefe: Renault esteve 10 anos atrasada em relação aos rivais

Next article

Itália perde transmissão da F1 em televisão aberta

Itália perde transmissão da F1 em televisão aberta
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sergey Sirotkin
Equipes Williams
Tipo de matéria Últimas notícias