Sistema de escapamento pode melhorar ainda mais, diz Allison

Diretor técnico da Lotus ficou satisfeito com estreia da novidade na Coreia, mas busca reduzir perda de potência

O diretor técnico da Lotus, James Allison, gostou do que viu do novo sistema de escapamento usado pela primeira vez pela equipe no GP da Coreia e acredita que novos ajustes poderão melhorar a eficiência do sistema, o mesmo usado por equipes como Sauber e Mercedes.

Allison reconhece que a Lotus perdeu um pouco em potência inicialmente, mas ganhou em performance. “Ficamos razoavelmente satisfeito com sua performance na primeira vez que a usamos. Sabíamos que a primeira implantação tiraria um pouco da potência, mas esperávamos um bom ganho de pressão aerodinâmica”.

Agora, para o GP da Índia, a intenção é recuperar a potência. “Nosso projeto inicial já era uma evolução em relação ao sistema anterior, mas esperamos mais desse pacote pois modificamos o escape para recuperar boa parte da potência perdida”.

De acordo com Allison, o desempenho do carro em relação às equipes da ponta já melhorou na Coreia. Na ocasião, Kimi Raikkonen foi o quinto e Romain Grosjean, o sétimo. “Colocamos os dois carros nos pontos e estávamos notavelmente mais competitivos em relação à pole position do que em provas recentes. Além disso, no decorrer do final de semana fizemos uma implantação do sistema de escapamento ao mesmo tempo em que lidávamos com desgaste do pneu dianteiro, algo próprio do circuito coreano”.

Neste final de semana, além de melhoras no escapamento, Allison confirmou que ambos os pilotos usarão a asa dianteira instalada apenas no carro de Grosjean na última etapa.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Índia
Tipo de artigo Últimas notícias