Sistema eletrônico de avisos aos pilotos deve funcionar na Espanha

A FIA vinha tendo problemas nas quatro primeiras etapas com a telemetria que controla luzes nos painéis dos carros

Os problemas com a telemetria que controla o sistema de alertas luminosos nas placas instaladas nos circuitos e nos painéis dos pilotos deverão acabar no GP da Espanha, próxima etapa do campeonato da Fórmula 1.

Desde que a FIA trocou a EM pela Riedel, o sistema não está funcionando e a comunicação entre comissários de pista e pilotos voltou a ser apenas pelo sistema de bandeiras.

De acordo com Derek Warwick, ex-piloto que trabalha ocasionalmente como comissário convidado nas corridas e estará neste ano nos GPs da Grã-Bretanha, Bélgica, Cingapura e Coreia do Sul, os problemas serão resolvidos.

“Nos disseram que eles têm um upgrade que será usado em Barcelona e o sistema vai funcionar a partir daí”, disse à Reuters.

De acordo com o britânico, a FIA pediu para que os comissários não fossem tão rigorosos nas primeiras etapas do ano caso os pilotos não vissem as sinalizações. “Não dá para culpar o piloto se eles não conseguiram arrumar o pacote de apoio. A FIA nos pediu para pegar leve nas multas, mas nossas ferramentas para aplicar outras punições seguem as mesmas.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias