Situação do ar melhora para GP de Cingapura

Com ventos e garoa nas últimas 24 horas, nível de poluição diminuiu. Organizadores esperam que situação fique ainda melhor até o fim de semana

Se o nevoeiro persiste e o nível de poluição ainda não é dos melhores, as condições atmosféricas, melhoraram nesta quarta-feira, em Cingapura. A qualidade do ar está sob vigilância nos últimos três dias devido a grandes incêndios florestais na Indonésia, que tiveram impacto sobre áreas próximas, incluindo o local da próxima etapa da Fórmula 1.

Depois de alcançar níveis recordes no início da semana, as medições para quarta-feira são tranquilizadoras.

"Houve melhoras na situação da neblina em Cingapura hoje", observa a Agência Nacional de Meio Ambiente (NEA). "Isso se deve à mudança nos ventos que sopram do sudeste. As garoas desta tarde também causaram alivio temporário."

As medições das últimas 24 horas mostraram um número entre 97 e 118 PSI. No entanto, as previsões indicam nevoeiro persistente para quinta-feira, com novos ventos e garoas são esperados e ajudarão a diminuir o fenômeno. Ao mesmo tempo, as medidas PSI devem continuar a cair a patamares não perigosos à saúde.

Terça-feira, os organizadores do GP de Cingapura garantiram que a etapa não estava ameaçada, mas afirmaram que acompanhariam de perto a situação de hora em hora.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pista Singapore Street Circuit
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags air, marina bay, nea, pollution