Sochi pode sofrer mudanças para promover ultrapassagens

compartilhar
comentários
Sochi pode sofrer mudanças para promover ultrapassagens
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Co-autor: Yaroslav Zagorets
Traduzido por: Daniel Betting
19 de fev de 2018 20:53

Os organizadores do GP da Rússia conversam com a F1 e a FIA para fazer modificações em seu circuito e melhorar o show

O layout do Autódromo de Sochi, aliado à superfície de pista muito macia, resultou em uma falta de corridas espetaculares desde que o circuito se juntou ao calendário da F1 em 2014.

Com a proprietária da F1, Liberty Media, ansiosa para aumentar os níveis de emoção, pensa-se em mudar algumas das pistas do calendário para garantir que todos os eventos ofereçam corridas empolgantes.

No ano passado, Ross Brawn ainda identificou a superfície de pista suave de Sochi como algo que poderia precisar de recapeamento para a pista produzir melhores corridas.

"Se você olhar para circuitos com uma degradação muito baixa, como Sochi, a corrida é desafiadora e tem apenas uma parada", disse ele. "Os pneus não se degradam. Não há diferenciais de desempenho".

Agora, os novos promotores de corrida de Sochi revelaram que estão avaliando o que podem fazer para melhorar a situação.

E apesar de terem descartado a alteração do layout da pista, eles sugeriram que um tipo de asfalto diferente, ou fazer algumas curvas mais largas, pode ser suficiente para ajudar a melhorar as questões.

Alexey Titov, CEO da empresa Rosgonki que assumiu o GP da Rússia, disse ao Motorsport.com que a conversa sobre o que fazer está avançando.

"Os fãs sabem que por causa do layout do Autódromo de Sochi, há poucas ultrapassagem", disse. "É por isso que estamos trabalhando com [diretor de corridas da F1] Charlie Whiting, a FIA e a FOM muito de perto”.

"Queremos tentar mudar a situação fazendo alguns pequenos ajustes técnicos. Você não vai ver isso necessariamente na tabela de tempos ou na televisão, mas esperamos que estes ajustes melhorem o lado esportivo das corridas e teremos mais ultrapassagens”.

"Teoricamente, pode ser algo sobre aumentar ou diminuir algumas partes da pista, mudar o asfalto que afetará os pneus de forma diferente. Isso pode forçar as equipes a usar diferentes táticas".

Titov disse também que, se as mudanças realmente acontecerem, não será já para a temporada 2018.

"Não acho que seja para 2018. Mas estamos explorando essas ideias. Estamos pensando em melhorar a situação".

Próxima Fórmula 1 matéria
GALERIA: Todos os carros da Red Bull na F1

Previous article

GALERIA: Todos os carros da Red Bull na F1

Next article

Em vídeo, McLaren dá forte dica sobre pintura de 2018

Em vídeo, McLaren dá forte dica sobre pintura de 2018
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias