"Sou jovem e rápido e gosto do que faço para ganhar a vida”, diz Button

Britânico espera continuar na Fórmula 1 ainda por vários anos e exalta emoções vividas dentro da categoria

Na Fórmula 1 desde o ano 2000 e campeão em 2009, Jenson Button, o mais velho dos pilotos da categoria atualmente, ainda não pensa em parar de correr. Para o britânico de 34 anos, que atualmente ocupa a oitava posição no campeonato, não há outro interesse na carreira no momento senão continuar a correr na categoria máxima do automobilismo mundial.

"Neste momento, o meu interesse é correr na Fórmula 1", ressaltou.

"Quando você tem um dia difícil, dói demais porque você quer ser competitivo e lutar, mas quando você tem uma classificação razoável, volta ao caminho certo. Você quer correr para sempre. Na F-1 as emoções estão por todo o lugar. Temos altos e baixos.”

"Eu corro na minha vida já por um longo tempo, e queria continuar assim.”

"Sou jovem e rápido e gosto do que faço para ganhar a vida, e eu não quero que isso mude."

Diretor da McLaren, Eric Boullier, disse ao site da revista inglesa Autosport que a equipe baseada em Woking está "feliz com a sua dupla de pilotos no momento".

"Jenson sabe que o importante é marcar pontos tanto quanto puder", acrescentou Boullier.

"Ele não tem que provar nada já que é um campeão do mundo e ganhou muitas corridas pela McLaren.”

"Eu acho que nós precisamos ser realistas também, porque em um, dois, três anos, podemos precisar atualizar o nossa dupla de pilotos e, obviamente, vamos estar buscando os melhores pilotos naquele momento no tempo."
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias