Stefano Domenicali reconhece ano decisivo para ele e Massa

Chefe da Ferrari aproveita para questionar atual modelo econômico da F-1 em entrevista exclusiva ao TotalRace

Domenicali diz que 20102 será

Certo de que 2012 será um ano decisivo, quanto para ele mesmo, quanto para seu piloto Felipe Massa, Stefano Domenicali falou ao TotalRace em entrevista exclusiva durante o evento Wrooom, do qual a Ferrari participa junto da Ducati na estação de esqui de Madonna di Campiglio, na Itália.

O chefe da equipe italiana reconhece que ambos estão sob pressão para obterem resultados na próxima temporada, após três anos sem título – o último foi o de construtores de 2008.

O dirigente afirmou que a má temporada de Massa ano passado foi consequência de “vários fatores”, mas demonstrou confiança de que o brasileiro irá se recuperar nesta temporada que classificou de “muito importante”, tanto para ele, quanto para a equipe.

“Estamos aqui para olhar adiante, confiando em Felipe porque ele sempre mostrou, sob pressão, o grande piloto que é. Conto com ele, como sempre fiz. Sei que não é por acaso que ele faz parte de nossos planos há 10 anos.”

Domenicali questionou ainda o atual modelo econômico da Fórmula 1 e reconheceu a importância que exercer bem papel político como chefe ferrarista tem em sua permanência na equipe. Confira a entrevista na íntegra:

Colaboraram Luis Fernando Ramos e Felipe Motta

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias