Stefano Domenicali: "Vamos jogar tudo no GP Brasil"

Com Alonso com 13 pontos de desvantagem, chefe da Ferrari quer parar Red Bull com dobradinha da Scuderia

O chefe da equipe Ferrari Stefano Domenicali fala em "jogar tudo no GP Brasil" para conquistar o título de pilotos da F-1. Fernando Alonso chega a São Paulo com 13 pontos de desvantagem para Sebastian Vettel.

"Olhando o que aconteceu no classificatório [do GP dos EUA], esse resultado pode ser considerado positivo", disse Domenicali ao se lembrar da largada de Alonso, que saiu em sétimo e pulou para quarto - e depois foi beneficiado com a quebra de Webber para tomar um lugar no pódio. "Claro, Fernando fez alguns pontos no campeonato, mas o mais importante foi limitar as perdas para chegar na última corrida com tudo em jogo, e esse será o caso", completou.

Depois da prova, Domenicali ainda parabenizou a Red Bull pelo seu tricampeonato consecutivo. "Nós parabenizamos a Red Bull pelo título de construtores, mas agora nós tentaremos pará-los fazendo uma dobradinha em Interlagos", finalizou.

Para ser campeão, Vettel pode ser até quarto para não depender do resultado de Alonso. Já o espanhol só pode ser campeão se chegar ao pódio.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias