Steiner: Liberty precisa de tempo para mudar F1

compartilhar
comentários
Steiner: Liberty precisa de tempo para mudar F1
21 de nov de 2017 11:51

Chefe da equipe Haas, Gunther Steiner diz que está mais feliz com equipes recebendo menos dinheiro da cota publicitária do esporte

Ainda enfrentando opositores no paddock da Fórmula 1, a Liberty Media tem a confiança do chefe da equipe Haas, Gunther Steiner.

Com as equipes recebendo prêmios menores em dinheiro com base na receita do esporte - passando de 316 milhões de dólares para 273 milhões - Steiner foi perguntado se estava preocupado com a queda do pagamento. Ele negou: "não, estou realmente feliz com isso. Com quanto menos ficarmos, mais feliz eu ficarei.”

"Não, eu não diria que estou preocupado com isso. Se eles puderem explicar os investimentos feitos e mostrarem os resultados, então este seria um bom trabalho. Eles são promotores e precisam promover o esporte para que obtenhamos mais dinheiro. Então, se eles puderem explicar como vão fazer isso, então tudo bem.”

"Eu acho que tudo está em uma fase em que está acontecendo, e a Fórmula 1 é um grande negócio. Você não pode de um dia para o outro mudar as coisas. Levará de 12 a 24 meses para saber se valeu a pena esse investimento ou não, mas no momento eles só precisam nos convencer de que vale a pena investir.”

Perguntado sobre os comentários de Niki Lauda de que estava preocupado com a direção futura da F1 sob a Liberty Media, Steiner acrescentou: "eu não estou pessimista sobre isso, para ser honesto”.

"Como sempre, temos preocupações. Penso que a coisa mais fácil é sempre fazer o mesmo, e se há mudança, ninguém quer mudar. Quero dizer, na vida normal, se algo muda, você tem dificuldade em mudar.”

"Niki esteve com Bernie (Ecclestone) nos últimos 60 anos. Acho que, para ele, a mudança talvez seja mais difícil de aceitar do que para outras pessoas. Ele precisa estar convencido e esse é o trabalho da Liberty Media: contar a Niki o plano deles para que ele tenha uma boa compreensão do que eles querem."

Próxima Fórmula 1 matéria
Williams nega que tenha assinado com Kubica para 2018

Previous article

Williams nega que tenha assinado com Kubica para 2018

Next article

Diretor da Renault: “Motor de 2021 não atrairá fabricantes”

Diretor da Renault: “Motor de 2021 não atrairá fabricantes”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias