Stewart: “Barrichello deveria ter vencido Nurburgring 1999”

compartilhar
comentários
Stewart: “Barrichello deveria ter vencido Nurburgring 1999”
Por: Gabriel Lima
13 de nov de 2017 09:29

Escocês lembra grandes atuações de Rubinho pela sua equipe nos anos 1990: “foi um prazer trabalhar com ele”

Johnny Herbert and Rubens Barrichello celebrate Stewart Grand Prix victory
Rubens Barrichello, Stewart Ford SF3
Paul Stewart, Jackie Stewart, and Phil Collins
Jackie Stewart
Johnny Herbert, Stewart Ford SF3 takes the checkered flag
Jackie Stewart, Paul Stewart, and the Stewart team celebrate their first win for Johnny Herbert, and
Johnny Herbert, Stewart Ford SF3
Race winner Johnny Herbert, Stewart Grand Prix celebrates with his crew

Chefe de equipe por três anos na Fórmula 1, Jackie Stewart foi o responsável por reerguer a carreira de Rubens Barrichello após uma passagem boa mas sem um fim satisfatório na Jordan. A Stewart acabou o fazendo atraente para a Ferrari a partir do ano 2000.

Com o time de Jackie, Barrichello conquistou quatro pódios e uma pole position. Mas, o mais significativo de todos os resultados foi em Mônaco, no ano de 1997. Na quinta corrida do time na Fórmula 1, Rubinho o levou ao segundo posto após uma grande atuação debaixo de chuva e em um asfalto bastante escorregadio.

Jackie lembra bem do dia.

“Rubens sempre foi um homem emocional, um cara muito legal e um grande amigo”, disse ao Motorsport.com Brasil em Interlagos.

“Sua atuação em Mônaco em 1997 foi fenomenal. Michael Schumacher estava à frente dele, cometeu um grande erro e ele quase ganhou aquela prova. Aquela foi apenas a quinta corrida na F1 da minha equipe, e já estávamos no pódio em Monte Carlo. Ele nos ajudou muito naqueles anos.”

Para Stewart, a única vitória que seu time teve, no GP da Europa de 1999, em Nurburgring, deveria ter sido de Barrichello. Na ocasião, Johnny Herbert venceu a corrida após ter sorte no momento de seus pit stops enquanto a chuva parava e retornava. Barrichello chegou em terceiro naquele dia.

“Na verdade, ele deveria ter vencido a única corrida que vencemos. Nós só estivemos competindo por três anos”, disse.

“No fim, Rubens foi para a Ferrari – o que foi com certeza a decisão correta. Johnny Herbert venceu o GP da Europa na Alemanha e Rubens foi o terceiro. Ter tido naquele dia a Stewart no pódio com os dois carros foi um grande momento. Éramos uma equipe muito jovem.”

“Rubens sempre foi um bom piloto e foi um prazer trabalhar com ele. Espero vê-lo neste final de semana.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Equipe da Pirelli sofre tentativa de assalto em São Paulo

Previous article

Equipe da Pirelli sofre tentativa de assalto em São Paulo

Next article

Barrichello minimiza casos de assaltos em Interlagos

Barrichello minimiza casos de assaltos em Interlagos
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Últimas notícias