Stirling Moss, antigo piloto Mercedes, parabeniza Rosberg por vitória

Inglês, junto com Fangio, Herrmann, Kling, Lang, Simon e Taruffi, fazia parte do temido time Daimler-Benz em meados da década de 50

Moss a caminho de sua única vitória pela Mercedes - Silverstone 55

Representante da do time alemão em sua última participação antes do retorno à Fórmula 1 em 2010, o inglês Stirling Moss (único vencedor do time, fora Fangio, que ganhou nada menos do que oito GPs) parabenizou Nico Rosberg pela emblemática vitória no Grande Prêmio da China.

Tentando comparar época, Moss contou um pouco de como era correr com aquele carro prateado.

"Os tempos mudaram muito desde 1955", disse Stirling Moss. "A maior diferença entre antes e agora é que a Mercedes ganhou todas as corridas que fez em 1955, incluindo as de carros esporte, com exceção de Mônaco", comentou o vencedor do GP da Grã-Bretanha daquele ano.

Moss deu os parabéns a Rosberg e se sentiu um pouco chateado por causa de Schumacher, que ainda não conseguiu imprimir um bom desempenho nas corridas desde sua volta.

"Parabéns para Nico Rosberg, para a Mercedes-Benz e para Ross Brawn por vencer o Grande Prêmio da China de 2012", disse ele. "Sinto muito por Michael [Schumacher] que ainda não pôde demonstrar sua forma de antes", finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Tipo de artigo Últimas notícias