Stroll avalia que merece 8,5/10 por ano de estreia na F1

Canadense diz que considera que sua primeira temporada foi "forte", mas que “sempre há espaço para melhorias”

Questionado no início da temporada de 2017 após vários acidentes, Lance Stroll deu a volta por cima. Após pontuar no Canadá e conquistar um pódio em Baku, o piloto cada vez mais andou próximo do companheiro Felipe Massa e reduziu seu número de erros.

Por isso, ele crê que seu primeiro ano no mundial possa ser tido como excelente.

"Sempre há espaço para melhorias", disse Stroll à Auto Motor und Sport ao classificar sua temporada. "Então não dou 10. Eu diria um forte 8,5.”

"Olhando para a temporada, tenho que dizer que houve momentos muito desafiadores. Especialmente no início."

"Mas tivemos uma temporada muito boa, marcando muitos pontos. Um 9 também seria bom."

Stroll sofreu críticas pesadas ao longo da temporada, com muitos acreditando que o dinheiro, e não talento, o fez garantir seu lugar no grid da Fórmula 1.

Mas Stroll não está interessado no que seus críticos – como seu compatriota Jacques Villeneuve – têm a dizer.

"Não me concentro no que é dito ou escrito sobre mim", acrescentou Stroll.

"Eu não leio os jornais ou escuto o que meus detratores dizem. Tem sido importante manter a cabeça fria.”

"Ganhei tudo até a Fórmula 1. Eu provei para mim e para o mundo que posso ganhar corridas e campeonatos.”

"Este é apenas um novo trabalho e um novo campeonato. Preciso me adaptar para crescer."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lance Stroll
Tipo de artigo Últimas notícias