Stroll resume má fase: “tem sido apenas azar”

Canadense da Williams se decepciona com início na Fórmula 1, mas mantém pés no chão: “seria ridículo se desistisse”

Depois de problemas no GP da Austrália e dois acidentes na China e no Bahrein, Lance Stroll não finalizou nenhuma das três corridas da temporada de 2017. O piloto de 18 anos, no entanto, não se afeta pela má fase.

Para ele, tudo isso deve passar ao longo das próximas provas, que serão disputadas em pistas que o canadense já andou.

"É frustrante, mas eu não tenho escolha – tenho que superar isso", explicou Stroll durante os testes no Bahrein. "Não há nada que eu possa fazer, só temos que ficar concentrados e a mesa vai virar.”

"A F1 é 90% mental e se você não for mentalmente capaz de superar as coisas, então você está no esporte errado. Seria muito ridículo se eu desistisse agora, após três corridas na F1."

Stroll diz que sua abordagem é olhar para os pontos positivos de sua temporada até agora, que inclui passar para o Q3 na China, ao invés de se preocupar com coisas que deram errado.

"Tem sido apenas azar", disse ele de seu ano até agora. "O problema de freio na Austrália, não havia nada que eu pudesse fazer sobre isso. China foi apenas uma daquelas coisas que acontecem em corridas e no Bahrein tive muito azar. É simples assim.”

"Mas não podemos pensar nisso - não podemos olhar de forma negativa. Precisamos olhar para o lado positivo.”

"Tenho tido muitos pontos positivos para tirar das primeiras corridas e tenho tido coisas a melhorar, e sabemos que estamos melhorando a cada corrida.”

"Precisamos continuar, ainda é uma temporada muito longa: ainda não chegamos à Europa, o que será muito mais fácil para mim, pois são pistas que eu já andei no passado.”

"Estou concentrado corrida a corrida, frustrado com o que aconteceu no domingo, mas eu não posso me ater a isso. Preciso superar isso e seguir em frente."

Punição a Sainz

Stroll não polemizou a punição dada a Carlos Sainz após o acidente entre os dois no GP do Bahrein. Para o canadense, estes erros são parte das corridas.

"Com certeza, se eu estivesse na posição de Carlos, eu estaria frustrado comigo mesmo. Mas as pessoas cometem erros", disse ele.

"Eu cometi erros e ele cometeu um erro, mas eu vou cometer erros no futuro e ele também. É assim que funciona.”

"É parte do jogo, mas eu soube assim que eu vi o vídeo que o que aconteceu foi apenas uma daquelas coisas normais."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lance Stroll
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias