Sucesso de Perez inspira Di Resta a também surpreender

A Force India do escocês também teve seu dia de glória, quando Fisichella lutou pela vitória com Raikkonen na Ferrari

Di Resta antes da largada na Malásia

O segundo lugar de Sergio Perez no GP da Malásia animou Paul di Resta. Ao ver outro piloto jovem, que faz seu segundo ano na F-1 e corre por uma das equipes do meio do pelotão disputar uma vitória, o escocês já começou a imaginar o que faria se sua hora chegasse.

“Não acho que podemos afastar isso. Você tem de estar pronto, se isso acontecer. Seria uma grande e difícil tarefa.”

A Force India já esteve nesta posição, no GP da Bélgica de 2009, quando o experiente Giancarlo Fisichella marcou a pole e foi o segundo colocado, atrás justamente de uma Ferrari, assim como Perez. Na corrida seguinte, já estava defendendo as cores de Maranello, substituindo Felipe Massa.

“Se você quiser que aconteça, tem de se preparar para o final de semana, se for possível. Vimos o final de semana que a Sauber obteve, junto de Perez. Temos de acreditar que isso pode acontecer conosco, se as circunstâncias forem nesse caminho.”

O escocês acredita que o time suíço, além de Williams e Toro Rosso, são os principais rivais no meio do pelotão e espera que um novo pacote de mudanças ajude a diminuir a diferença da Force India em relação aos rivais antes da temporada europeia. 

Seu companheiro, Nico Hulkenberg, também defende que o carro precisa de melhorias. “Não temos a velocidade que queríamos no momento, mas ainda é cedo e faltam 18 corridas. Então há diversas oportunidades para desenvolver o carro e maximizar nossa performance.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Paul di Resta , Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias